julho de 2022
dstqqss
262728293012
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31123456
Ciclos
Pesquisa
07/07/2022, 15h30 | Sala M. Félix Ribeiro
Revisitar os Grandes Géneros: A Ficção Científica [II parte]
Close Encounters of the Third Kind
Encontros Imediatos do Terceiro Grau
de Steven Spielberg
com Richard Dreyfuss, François Truffaut, Teri Garr, Melinda Dillon, Bob Balaban
Estados Unidos, 1977 - 137 min
legendado eletronicamente em português | M/12
Um dos melhores filmes de Spielberg e um dos seus primeiros encontros com a ficção científica. A visão de ovnis no céu perturba a pacata existência e o universo familiar da personagem de Richard Dreyfuss. “We are not alone”. O filme de Spielberg força os limites do género. “CLOSE ENCOUNTERS é um filme de celestiais harmonias e de terrestres desordens” (M.S. Fonseca). A apresentar em cópia digital.


consulte a FOLHA DA CINEMATECA aqui
07/07/2022, 19h00 | Sala M. Félix Ribeiro
Ante-Estreias
Alentexas | Wetsuit | Nos Bons Momentos
duração total da projeção: 54 min | M/16
com a presença dos realizadores
ALENTEXAS
de Duarte Laranjo, Adriana Sá Couto
com Duarte Pinto da Mata
Portugal, 2021 – 10 min

 WETSUIT
de João Salgado
com João Maria Galvão, João Berberan, Nuno Lopes
Portugal, 2022 – 19 min

NOS MOMENTOS BONS
de Pedro Gavina Maia
Portugal, 2020 – 25 min

ALENTEXAS constrói-se entre o homem e um espaço em que “é difícil desenterrar o vazio”.  “O homem tem uma pá. E, atravessando uma aldeia, num passo assertivo e desassossegado, expressa o contraste com a paisagem”. WETSUIT é um “auto-retrato fragmentado”, disperso entre três surfistas, aparentemente não relacionados, que tiram o fato de mergulho e vestem outro. O fato é aqui metafórico para os rituais de crescimento e para a exploração dos “fantasmas que assombram a identidade masculina. Divididos entre a vida em terra e a vida no mar, esses garotos são atormentados pelo tipo de homem que serão.” NOS MOMENTOS BONS acompanha o processo de trabalho criativo de Pedro Gavina Maia, reforçando a ideia de que “a procura é o único tema irremovível de qualquer criador quando perde todos os outros meios” (das sinopses dos filmes).

consulte a FOLHA DA CINEMATECA aqui
07/07/2022, 19h30 | Sala Luís de Pina
Recordar Francis Graça
Os Três da Vida Airada
de Perdigão Queiroga
com Milú, António Silva, Eugénio Salvador
Portugal, 1952 - 98 min | M/12
Argumento de Manuel da Fonseca e Perdigão Queiroga numa popular comédia dos anos 50 que se desenvolve nos meandros do teatro lisboeta. Três entusiastas do teatro amador vêem abrir-se-lhes a porta da profissionalização, o que provoca dissensões entre eles. “Variação sobre o tema do estrelato, na qual os atores jogam em permanência com a sua própria imagem pública, OS TRÊS DA VIDA AIRADA vale sobretudo pelos inúmeros exercícios de desdobramento, como quando Eugénio Salvador reproduz, do «outro lado do espelho», movimentos à Gene Kelly ou Fred Astaire, e pelos cinco minutos finais, em que vemos Lico triunfar no palco do Monumental em dois números inspirados nas coreografias dos filmes de Vincente Minnelli e Bruce Humberstone, numa rara incursão do cinema português pelo território do musical americano” (Manuel Deniz Silva, Investigador do Instituto de Etnomusicologia – Centro de Estudos em Música e Dança).

consulte a FOLHA DA CINEMATECA aqui
 
07/07/2022, 21h45 | Esplanada
Solveig Nordlund - Um Percurso Singular [conclusão]
A Filha
de Solveig Nordlund
com Nuno Melo, Joana Bárcia, Margarida Marinho, Cláudio da Silva, Alexandre Falcão, Cecília Guimarães
Portugal, 2003 - 77 min | M/16
Com argumento original da realizadora e de Mário de Carvalho, A FILHA segue a história do desencontro entre um homem de 45 anos (interpretado por Nuno Melo), produtor de televisão de sucesso concentrado na sua carreira, e a sua filha (Joana Bárcia) que, à beira do 18º aniversário, acusa a ausência paterna na sua vida, faz-lhe um ultimato (que ele falha) e abandona a casa forçando uma viagem de procura e tentativa de reconhecimento”.

consulte a FOLHA DA CINEMATECA aqui