Fachada do centro de conservação (ANIM)

Fachada do centro de conservação (ANIM)

Fotografia: Luís Pavão, 1996

Laboratório

Fotografia: Carine Soleilhavoup, 2011

 

Para pedir um orçamento, contacte os nossos serviços:

Tel. 219 689 400

Fax: 219 689 499

Horário e Contactos

2ª a 6ª feira, das 9h30 às 13h00 e das 14h00 às 17h30

Tel. 219 689 400

Fax: 219 689 499

E-mail. acesso@cinemateca.pt

 

VISIONAMENTOS

VISIONAMENTOS - procedimentos face à pandemia de covid-19

Na reabertura do Arquivo Fílmico da Cinemateca, e enquanto vigorarem as medidas gerais definidas pelo Conselho de Ministros no Plano de Desconfinamento, são adotadas as seguintes medidas de proteção face à COVID-19 de acordo com as orientações da Direção Geral da Saúde.
 
O uso de máscara é obrigatório durante todo o tempo de permanência nas instalações da Cinemateca.
 
A desinfeção das mãos com solução alcoólica disponibilizada pela Cinemateca é obrigatória à entrada da sala de visionamentos, e é igualmente obrigatória sempre que o utilizador se ausente temporariamente e regresse ao local de visionamentos.
 
Sala de visionamentos
O número de postos de visionamento é reduzido para 1 e, nesta fase, será apenas facultado acesso público a suportes digitais.
 
O agendamento de visionamentos é subsequente à resposta do ANIM ao pedido de consulta, através de contacto para o endereço acesso@cinemateca.pt. Os visionamentos decorrerão à 4ª e 6ª feiras, entre as 10h e as 13h, as 14h e as 17h. Os serviços confirmarão por e-mail a marcação.

Os utilizadores têm de usar luvas descartáveis (fornecidas gratuitamente pela Cinemateca) para o manuseamento dos equipamentos de visionamento. Sempre que os utilizadores se ausentem temporariamente da sala, devem retirar as luvas deixando-as no seu lugar, voltando a colocá-las ao retomar o visionamento. À saída, as luvas devem ser colocadas no recipiente destinado para o efeito.
 
Transportes
Nesta fase, o autocarro do ANIM encontra-se indisponível. Os utilizadores deverão deslocar-se pelos seus próprios meios e/ou de transportes públicos (carreiras 331, 335, 336 e 344).

Visionamentos de Investigação


As colecções de imagens em movimento da Cinemateca podem ser visionadas no âmbito de projectos de investigação universitária ou equivalente, devidamente credenciados. 

Os pedidos devem ser feitos com, pelo menos, 1 mês de antecedência - previamente à autorização do pedido, o ANIM procederá à pesquisa/verificação das obras disponíveis para consulta, assim como à preparação dos materiais.

O agendamento de datas de visionamento é subsequente à resposta do ANIM ao pedido, deverá ser feito com antecedência mínima de 3 dias úteis e dependerá da disponibilidade das salas de visionamento. Os visionamentos têm lugar no ANIM (Quinta da Cerca, Rua da República 11, Chamboeira, 2670-674 BUCELAS), de segunda a sexta-feira, das 9h30-13h e das 14h-17h30.

 

 

CEDÊNCIA DE IMAGENS DE ARQUIVO

 

A Cinemateca pode ceder imagens do seu arquivo mediante condições que dependem do âmbito da sua utilização (produções cinematográficas, audiovisuais, televisão, utilização institucional e museológica, investigação e ensino, publicidade, etc.).

Os pedidos devem ser feitos com, pelo menos, 1 mês de antecedência.


Aos visionamentos feitos no âmbito da cedência de imagens de arquivo são aplicáveis as tarifas da tabela em vigor e as regras referidas na secção «Visionamentos de Investigação». O custo do visionamento é de 2€/hora, acrescido de IVA.

A cedência é regulamentada através de um Acordo de Cedência de Imagens que delimita a sua utilização pontual e concreta e que pressupõe a autorização prévia, escrita, dos detentores de direitos e depositantes.

A obtenção de autorização de detentores de direitos e de depositantes, quando devida, é da responsabilidade do utilizador. Os respectivos contactos são facultados pelo Departamento ANIM, quando disponíveis.
O prazo de disponibilização das imagens depende do número de pedidos em tratamento.

Para pedir um orçamento, contacte os nossos serviços.

Parcerias de exibição

Enquanto museu e arquivo nacional de cinema, a Cinemateca é uma instituição dedicada à salvaguarda e à divulgação museológica do património cinematográfico e não uma distribuidora cultural. Esta condição, reforçada pela actual conjuntura de transição tecnológica que converte as colecções analógicas em acervos de renovação cada vez mais difícil, impede-nos de instituir uma prática descentralizadora alargada ou um regular serviço de cedência de cópias.

Assim, o apoio a iniciativas externas de exibição – uma função que também nos cabe tentar cumprir na medida das possibilidades, em particular na área do cinema português - tem sempre a natureza de uma colaboração pontual, analisada casuisticamente, e não a de um apoio continuado.

A ser aprovado, este apoio é sustentado num protocolo de parceria, cuja análise assenta fundamentalmente nos seguintes parâmetros: natureza pontual do evento; estatuto cultural, não comercial, e relevância do mesmo; condições de projecção adequadas à exibição de cópias de arquivo de acordo com os critérios da FIAF (Federação Internacional dos Arquivos de Filmes); preservação prévia da obra solicitada; respeito por direitos que impendem sobre a exibição da obra.

Os pedidos devem ser feitos com, pelo menos, 1 mês de antecedência.