CICLO
Com a Linha de Sombra


Nesta rubrica regular, este mês assinalamos o lançamento em DVD de TEMPOS DIFÍCEIS de João Botelho (realizador a quem a Cinemateca dedicou este ano uma retrospetiva quase integral e um catálogo sobre a sua obra) que terá lugar no espaço da livraria Linha de Sombra nos 39 Degraus a anteceder a exibição desse filme em sala. Trata­-se de uma edição da Academia Portuguesa de Cinema em colaboração com a Cinemateca no contexto da “Coleção da Academia”, a qual visa recuperar e editar obras emblemáticas do cinema português, contribuindo em simultâneo para a sua preservação e difusão junto de um público alargado em versões restauradas digitalmente. Apresentamos também nesta rubrica, associado ao lançamento do livro ReFocus: The Films of João Pedro Rodrigues and João Rui Guerra da Mata – conjunto de ensaios sobre os filmes da dupla de realizadores organizado pelos investigadores José Duarte e Filipa Rosário e publicado pela Edinburgh University Press – o filme A ÚLTIMA VEZ QUE VI MACAU.
 
 
15/12/2022, 19h00 | Sala M. Félix Ribeiro
Ciclo Com a Linha de Sombra

Tempos Difíceis
de João Botelho
Portugal, 1988 - 95 min | M/12
 
21/12/2022, 19h00 | Sala M. Félix Ribeiro
Ciclo Com a Linha de Sombra

A Última Vez que Vi Macau
de João Pedro Rodrigues, João Rui Guerra da Mata
Portugal, França, Macau, 2012 - 62 min | M/12
15/12/2022, 19h00 | Sala M. Félix Ribeiro
Com a Linha de Sombra
Tempos Difíceis
de João Botelho
com Luís Estrela, Julia Britton, Isabel de Castro, Ruy Furtado, Inês de Medeiros
Portugal, 1988 - 95 min | M/12
sessão com apresentação
Na sua terceira longa-metragem, João Botelho adaptou o romance homónimo de Charles Dickens, transpondo-o para a realidade portuguesa. Num lugarejo, o Poço do Mundo, que é um microcosmo social, convivem a riqueza e a pobreza mais extremas, a cultura e a ignorância, a perversidade e a inocência. De Dickens a Botelho, o filtro é de David W. Griffith, com um rosto feminino, Julia Britton, que parece saído de um dos melodramas do mestre americano. Depois de rever muitos filmes clássicos na fase de preparação da rodagem, Botelho decidiu-se por uma imagem naquele estilo e Elso Roque conseguiu, nas palavras do realizador, “uma fotografia magnífica, com um preto e branco clássico, chiaroscuro e profundidade”. A exibir em versão digital.
 
21/12/2022, 19h00 | Sala M. Félix Ribeiro
Com a Linha de Sombra
A Última Vez que Vi Macau
de João Pedro Rodrigues, João Rui Guerra da Mata
com João Pedro Rodrigues, João Rui Guerra da Mata, Cindy Scrash, Lydie Barbara
Portugal, França, Macau, 2012 - 62 min | M/12
com a presença dos realizadores
A ÚLTIMA VEZ QUE VI MACAU é o segundo filme realizado por João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata em Macau, depois de ALVORADA VERMELHA (2011). Macau é, inclusivamente, o território onde Guerra da Mata cresceu, o que dá o mote a um documentário que explora as circunstâncias temporais da realidade histórica e contemporânea de Macau ao mesmo tempo que procede a uma reconstituição cinematográfica das memórias do realizador sobre o território, inaugurando, como se de um filme noir se tratasse, um espaço poético nas margens da realidade e da imaginação. Primeira apresentação na Cinemateca.