11/09/2015, 14h30 | Salão Foz
Cinemateca Júnior
Atelier: A Fantasmagoria
dos 6 aos 10 anos | duração: 2 horas
Conceção e Orientação: Equipa Cinemateca Júnior

Antes do nascimento do cinema, no século XIX, as pessoas juntavam-se em salas escuras ouvindo histórias misteriosas e assustadoras acompanhadas de imagens projetadas com um aparelho muito especial. Um ilusionista francês conhecido pelo nome de Robertson, que também era inventor e artista, foi o criador deste novo e curioso espetáculo cheio de ilusões arrepiantes. Era chamado fantasmagoria e à época fez grande sensação… Vem experimentar emoções fortes e descobrir mais sobre este antepassado dos filmes de terror! O atelier requer marcação prévia para cinemateca.junior@cinemateca.pt. As inscrições abertas a partir de 17 de agosto.

11/09/2015, 15h00 | Salão Foz
Cinemateca Júnior
Monster House
A Casa Fantasma
de Gil Kenan
com Mitchel Musso, Maggie Gyllenhal, Jason Lee, Kathleen Turner (vozes)
Estados Unidos, 2006 - 91 min
dobrado em português | M/6
Monstrinhos na Era Digital

Vivendo nos subúrbios da cidade, um garoto descobre que a casa vizinha, de fachada meio arruinada, guarda segredos perigosos, pois tudo o que é lançado para o quintal desaparece misteriosamente. Quando uma amiga também desaparece, o garoto, com outro amigo, tenta encontrá-la. Descobrem, assustados, que a casa "fantasma" está "viva"! Aventuras de animação.

11/09/2015, 15h30 | Sala M. Félix Ribeiro
Christopher Lee – O Príncipe das Trevas
The Man Who Could Cheat Death
O Homem que Enganou a Morte
de Terence Fisher
com Anton Diffring, Hazel Court, Christopher Lee
Reino Unido, 1959 - 83 min
legendado eletronicamente em português | M/12

Baseado na peça The Man in Half Moon Street de Barré Lyndon.“Terence Fisher desenvolve um tema que percorre grande parte dos seus filmes, e que tem a ver com o fascínio do Mal, dando a este não a imagem hedionda ‘habitual’ mas a da sedução, a de uma beleza decadente que deixa entrever a decomposição e a podridão, o horror, sob a aparência fascinante. […] Mas este singular THE MAN WHO COULD CHEAT DEATH, que pela sua concentração e unidade de ação, é, sem dúvida, uma das obras maiores de Fisher destaca-se ainda pela série de mitologias que congrega, a começar pela da juventude eterna” (Manuel Cintra Ferreira).

11/09/2015, 18h30 | Sala Luís de Pina
Filmes Portugueses Legendados
Ossos
de Pedro Costa
com Nuno Vaz, Maria Lipkina, Isabel Ruth
Portugal, 1997 - 94 min
legendado em inglês | M/12

A terceira longa-metragem de Pedro Costa centra-se em personagens que habitam o então existente Bairro das Fontainhas nos arredores de Lisboa. “Muito mais do que uma estocada na má consciência burguesa, OSSOS é um filme que a transforma numa parada de ‘zombies’, de ‘mortos em licença’ e o bairro é, aqui, todo o mundo” (Luís Miguel Oliveira).

11/09/2015, 18h30 | Sala M. Félix Ribeiro
Cinema Chinês: Panorama Histórico e Retrospetiva Xie Jin

Em Colaboração com a Cinemateca Chinesa e integrado na Festa do Cinema Chinês
Conferência por Hangfu Yochuan

Antes da sessão oficial de abertura do Ciclo de Cinema Chinês na Cinemateca, Hangfu Yochuan, da Cinemateca Chinesa, faz uma conferência sobre o cinema chinês, com tradução consecutiva.

11/09/2015, 21h30 | Sala M. Félix Ribeiro
Cinema Chinês: Panorama Histórico e Retrospetiva Xie Jin

Em Colaboração com a Cinemateca Chinesa e integrado na Festa do Cinema Chinês
Shen Nü
A Divina
de Wu Yonggang
com Ruan Lingyu, Zhang Zhizhi, Li Keng
China, 1934 - 85 min
mudo, com intertítulos legendados eletronicamente em português | M/12
Panorama Histórico | O Cinema de Xangai Anterior a 1949 | com acompanhamento musical ao vivo

Drama sobre uma mulher pobre que se prostitui para educar o filho. Quando os pais dos colegas dele descobrem a profissão da mãe fazem pressão para que a criança seja expulsa da escola. A mulher decide partir com ele para outra cidade, mas descobre que o seu proxeneta gastou todas as suas economias, um gesto que terá consequências trágicas. SHEN NÜ foi o primeiro e o mais célebre filme de Wu Yonggang e também proporcionou à atriz Ruan Lingyu, que se suicidaria aos 25 anos, o seu mais importante e mais célebre papel.

11/09/2015, 22h30 | Projecção ao Ar Livre
Cinema na Esplanada | Marlene
Morocco
Marrocos
de Josef von Sternberg
com Marlene Dietrich, Gary Cooper, Adolphe Menjou, Francis McDonald
Estados Unidos, 1930 - 92 min
legendado em português | M/12

O primeiro filme de Marlene nos EUA e aquele que a impôs definitivamente. Uma delirante história de amor, onde uma cantora troca a riqueza do amante mais velho pelo amor de um legionário, encarnado por Gary Cooper, que Sternberg transforma num poderoso sex symbol, num eco masculino à imagem de Marlene Dietrich. Uma cena que deu escândalo: Marlene cantando, vestida de homem, e quebrando um tabu do cinema ao beijar na boca uma cliente do cabaret. Um final que ficou lendário: Marlene seguindo a pé o seu “beau légionnaire” pelas areias do deserto. O mito de Marlene Dietrich no auge e a arte de Sternberg no apogeu.