CICLO
O Que Quero Ver


O espaço da programação que a Cinemateca dedica às sugestões dos seus espectadores nesta rubrica regular, à cadência de um filme por mês desde o início do ano, alarga-se a vinte e cinco dos títulos pedidos em 2017 nos boletins “O Que Quero Ver”, sendo um dos destaques do mês. A disponibilidade e acessibilidade de cópias e a variedade dos títulos pesaram na seleção dos filmes programados, em que se levou em conta títulos menos ou ainda não mostrados na Cinemateca. Dois deles – um recorrente e outro raramente aqui visto – assinalam simultaneamente duas sessões In Memoriam Anne Wiazemsky (1947-2017) recentemente desaparecida: AU HASARD BALTHAZAR de Bresson (o seu primeiro filme, o filme que dela é indissociável) e ONE PLUS ONE de Godard (de quem foi próxima nos “anos maoistas” e que aqui a filmou no papel de uma Eva Democracia). Em primeira exibição na Cinemateca; 48 HOURS de Walter Hill; ZOMBIE JA KUMMITUSJNA de Mika Kaurismaki; CRAZY de Heddy Honigmann. Entre os filmes de rara oportunidade de exibição, destaque para DRIFTERS de John Grierson, DOWNSTAIRS de Monta Bell, WELT AM DRAHT de Fassbinder, FAREWELL, MY LOVELY de Dick Richards. THE BEGUILED de Don Siegel volta ao ecrã da Cinemateca num momento em que se prevê a estreia portuguesa do “remake” de Sofia Coppola.
 
 
22/12/2017, 21h30 | Sala M. Félix Ribeiro
Ciclo O Que Quero Ver

La Messa è Finita
de Nanni Moretti
Itália, 1985 - 94 min
 
22/12/2017, 22h00 | Sala Luís de Pina
Ciclo O Que Quero Ver

Downstairs
de Monta Bell
Estados Unidos, 1932 - 77 min
23/12/2017, 21h30 | Sala M. Félix Ribeiro
Ciclo O Que Quero Ver

Komal Gandhar
“Mi Bemol”
de Ritwik Ghatak
Índia, 1961 - 123 min
27/12/2017, 18h30 | Sala Luís de Pina
Ciclo O Que Quero Ver

Zombie ja Kummitusjna
“O Zombie e o Comboio Fantasma”
de Mika Kaurismaki
Finlândia, 1991 - 88 min
27/12/2017, 21h30 | Sala M. Félix Ribeiro
Ciclo O Que Quero Ver

Amarcord
Amarcord
de Federico Fellini
Itália, 1973 - 127 min
22/12/2017, 21h30 | Sala M. Félix Ribeiro
O Que Quero Ver

Um ciclo de filmes sugeridos pelos espectadores da Cinemateca
La Messa è Finita
de Nanni Moretti
com Nanni Moretti, Marco Messeri, Margarita Lozano, Ferruccio De Ceresa
Itália, 1985 - 94 min
legendado eletronicamente em português | M/12
Dos anos oitenta de Moretti, com Moretti dispensando o alter-ego de Michele Appicella que marcou a sua obra entre IO SONO UN AUTARCHICO, de 1976, e PALOMBELLA ROSSA, de 1989. Aqui Nanni “é” o jovem padre Don Giulio, regressado a Roma depois de alguns anos passados numa ilha mediterrânica, para reencontrar o mal-estar e a depressão do seu círculo familiar e fraternal. Crónica de uma geração em perda – ou em deriva –, em que o protagonista, de comportamento insólito e não raro à beira de um ataque de nervos, acaba por “desertar” para a Terra do Fogo, LA MESSA È FINITA é um dos Morettis a que vale a pena voltar, também pelas suas características de ator. Na Cinemateca passou uma única vez, em 1992.
 
22/12/2017, 22h00 | Sala Luís de Pina
O Que Quero Ver

Um ciclo de filmes sugeridos pelos espectadores da Cinemateca
Downstairs
de Monta Bell
com John Gilbert, Paul Lukas, Virgínia Bruce, Hedda Hopper, Reginald Owen, Olga Baclanova
Estados Unidos, 1932 - 77 min
legendado eletronicamente em português | M/12
Uma insólita comédia dramática sobre as relações entre senhores e criados, “upstairs” e “downstairs”. John Gilbert é um motorista que se aproveita do interesse que as patroas manifestam por ele e, ao mesmo tempo, procura seduzir uma das empregadas, comprometida com o mordomo da mansão do filme. Olhar irónico sobre as relações de classe, DOWNSTAIRS é um filme pré-Código Hays. Na Cinemateca, foi mostrado uma única vez, na retrospetiva de 2009 dedicada a Monta Bell.
 
23/12/2017, 21h30 | Sala M. Félix Ribeiro
O Que Quero Ver

Um ciclo de filmes sugeridos pelos espectadores da Cinemateca
Komal Gandhar
“Mi Bemol”
de Ritwik Ghatak
com Supriya Choudhury, Abanish Bannerjee, Anil Chatterjee, Dita De
Índia, 1961 - 123 min
legendado em inglês e eletronicamente em português | M/12
A reunificação de Bengala é o centro deste filme de Ghatak, questão que se reflete nas várias personagens, também elas divididas por duas culturas, e é trabalhada nas bandas de imagem e som, onde a música ocupa um lugar fundamental. “O tema (o tom) central de KOMAL GANDHAR é a unificação das duas Bengalas e é isso que explica a persistente utilização das velhas canções de casamento. Mesmo nas cenas de dor e de separação, a música canta o casamento” (Ritwik Ghatak). Trata-se também da primeira incursão explícita do realizador no motivo do teatro.
 
27/12/2017, 18h30 | Sala Luís de Pina
O Que Quero Ver

Um ciclo de filmes sugeridos pelos espectadores da Cinemateca
Zombie ja Kummitusjna
“O Zombie e o Comboio Fantasma”
de Mika Kaurismaki
com Silu Seppäla, Marjo Leinonen, Matti Pellonpää, Vieno Saaristo
Finlândia, 1991 - 88 min
legendado em inglês e eletronicamente em português | M/12
Mika Kaurismaki, o irmão Kaurismaki mais velho, tem uma obra menos conhecida que a do seu irmão Aki, com quem em 1981 correalizou THE SAIMAA GESTURE. “O ZOMBIE E O COMBOIO FANTASMA” segue a história de um solitário que gosta de música mas que, além de tocar guitarra, leva uma vida desgraçada. É ele o “zombie”, do filme que por altura da estreia americana foi tido por “tão bom como aquilo que ambos os talentosos e carismáticos irmãos Kaurismaki já fizeram. É um retrato magoado e tintado por um negro sentido de humor” (Kevin Thomas, Los Angeles Times). Primeira exibição na Cinemateca.
 
27/12/2017, 21h30 | Sala M. Félix Ribeiro
O Que Quero Ver

Um ciclo de filmes sugeridos pelos espectadores da Cinemateca
Amarcord
Amarcord
de Federico Fellini
com Magali Noel, Bruno Zanin, Pupella Maggio
Itália, 1973 - 127 min
legendado em português | M/12
“Recordo-me” é o que quer dizer a expressão que dá o título a um dos mais belos filmes de Fellini. Incursão na memória, imagens transfiguradas pela distância e pelo delírio poético da infância de Fellini e dos seus encontros com personagens singulares que ressuscitam a cada um dos seus filmes.