agosto de 2017
dstqqss
303112345
6789101112
13141516171819
20212223242526
272829303112
3456789
Ciclos
Pesquisa
CICLO
Festival Temps d’Images: O Cinema à Volta de Cinco Artes, Cinco Artes à Volta do Cinema – Cinematografia II


Como em 2013, este ano a programação cinematográfica do Festival Temps d’Images, gira à volta do próprio cinema, e foi concebida por Pierre-Marie Goulet, Teresa Garcia, Ricardo Matos Cabo, Bernard Eisenschitz, com contribuições de Marcos Uzal, Cyril Neyrat e a colaboração da Cinemateca. E como é costume nesta programação, cada sessão aproxima filmes de épocas, e eventualmente de estilos, muito diferentes, estabelecendo paralelos, evidentes ou secretos. Poderemos assim rever grandes clássicos de Dreyer, Christensen, Stiller, Sjöström, Hitchcock, Sternberg, Mamoulian, Epstein, Vigo, Keaton, ao lado de obras de grandes nomes da vanguarda, de momentos dos primórdios do cinema, de filmes feitos diretamente sobre o cinema (sobre Abel Gance, Eric Rohmer ou Henri Alekan) e de trabalhos de autores tão diferentes quanto Pierre Creton e Rita Azevedo Gomes, num panorama que vem lembrar ao espectador que um filme nunca é uma obra inteiramente isolada, existe sempre em relação a outros filmes.

 
07/11/2014, 19h00 | Sala Dr. Félix Ribeiro
Ciclo Festival Temps d’Images: O Cinema à Volta de Cinco Artes, Cinco Artes à Volta do Cinema – Cinematografia II

HAND HELD DAY | VAMPYR
duração total da sessão: 71 minutos | M/12
 
07/11/2014, 21h30 | Sala Dr. Félix Ribeiro
Ciclo Festival Temps d’Images: O Cinema à Volta de Cinco Artes, Cinco Artes à Volta do Cinema – Cinematografia II

LA VIE APRÈS LA MORT | L’HEURE DU BERGER
duração total da sessão: 63 minutos | M/12
08/11/2014, 15h30 | Sala Dr. Félix Ribeiro
Ciclo Festival Temps d’Images: O Cinema à Volta de Cinco Artes, Cinco Artes à Volta do Cinema – Cinematografia II

HERR ARNES PENGAR
“O Tesouro de Arne”
de Mauritz Stiller
Suécia, 1919 - 100 min
08/11/2014, 19h00 | Sala Dr. Félix Ribeiro
Ciclo Festival Temps d’Images: O Cinema à Volta de Cinco Artes, Cinco Artes à Volta do Cinema – Cinematografia II

DISHONORED
Fatalidade
de Josef von Sternberg
Estados Unidos, 1931 - 91 min
08/11/2014, 19h30 | Sala Luís de Pina
Ciclo Festival Temps d’Images: O Cinema à Volta de Cinco Artes, Cinco Artes à Volta do Cinema – Cinematografia II

INTERIOR N.Y. SUBWAY, 14TH ST. TO 42ND ST.| CONEY ISLAND AT NIGHT | ROMANCE OF RADIUM | LES CABINETS DE PHYSIQUE | 7 FAUX RACCORDS
duração total aproximada da sessão: 50 minutos | M/12
07/11/2014, 19h00 | Sala Dr. Félix Ribeiro
Festival Temps d’Images: O Cinema à Volta de Cinco Artes, Cinco Artes à Volta do Cinema – Cinematografia II

Em colaboração com o Festival Temps d’Images 2014
HAND HELD DAY | VAMPYR
duração total da sessão: 71 minutos | M/12
sessão apresentada por Miguel Marias

HAND HELD DAY
de Gary Beydler
Estados Unidos, 1974 – 6 min / sem diálogos
VAMPYR
de Carl Th. Dreyer

com Julian West, Maurice Schultz, Sybille Schmitz
França, Alemanha, 1930 – 65 min / legendado eletronicamente em português
 

Longe das mitologias habituais dos filmes de vampiros, VAMPYR é “um filme de terror banhado numa claridade puríssima. Um filme sonoro que reinventa a noção de cinema mudo”, como escreveu Edgardo Cozarinsky sobre esta obra-prima de Carl Th. Dreyer, poema de morte e ressurreição pela luz do cinema, inspirado na novela Carmilla de Sheridan le Fanu. VAMPYR é um dos pontos culminantes da arte de um dos maiores realizadores de sempre. A abrir a sessão, HAND HELD DAY, de Gary Beydler, feito num plano único durante 14 horas, numa estrada do Arizona, da alvorada ao crepúsculo.
 

07/11/2014, 21h30 | Sala Dr. Félix Ribeiro
Festival Temps d’Images: O Cinema à Volta de Cinco Artes, Cinco Artes à Volta do Cinema – Cinematografia II

Em colaboração com o Festival Temps d’Images 2014
LA VIE APRÈS LA MORT | L’HEURE DU BERGER
duração total da sessão: 63 minutos | M/12
sessão apresentada por Cyril Neyrat

LA VIE APRÈS LA MORT
L’HEURE DU BERGER
de Pierre Creton
França 2002 e 2008 – 23 e 40 min / legendados eletronicamente em português

Formado pela Escola de Belas-Artes do Havre e trabalhador agrícola, Pierre Creton é autor de uma obra extremamente coerente. Os dois filmes que apresentamos formam um díptico à volta da figura de Jean Lambert, um amigo do realizador, muito mais velho do que ele. Em LA VIE APRÈS LA MORT vemos os dois amigos que leem em voz alta trechos de livros, ouvem discos e esperam uma coisa: a morte de Lambert. Em L’HEURE DU BERGER, realizado alguns anos depois desta morte, Creton retoma o material do primeiro filme, num trabalho de luto, que também é uma meditação: “um certo tipo de vida quotidiana (horas fixas, as mesmas pessoas, formas e lugares da piedade) fazia nascer pensamentos sobrenaturais”.
 

08/11/2014, 15h30 | Sala Dr. Félix Ribeiro
Festival Temps d’Images: O Cinema à Volta de Cinco Artes, Cinco Artes à Volta do Cinema – Cinematografia II

Em colaboração com o Festival Temps d’Images 2014
HERR ARNES PENGAR
“O Tesouro de Arne”
de Mauritz Stiller
com Mary Johnson, Richard Lund, Hjamer Selander
Suécia, 1919 - 100 min
mudo, intertítulos em sueco, traduzidos em português | M/12

Uma obra-prima, baseada num conto de Selma Lagerlöff, que mostra a que nível artístico o cinema chegara na década de 10. “O TESOURO DE ARNE” tem por cenário a Suécia na Idade Média, contando a história de três evadidos que matam um fazendeiro para se apoderarem de um tesouro e ficam com a fuga cortada pela neve. Inesquecível presença feminina de Mary Johnson e imagens deslumbrantes onde se destacam as cenas do desfile fúnebre final.

08/11/2014, 19h00 | Sala Dr. Félix Ribeiro
Festival Temps d’Images: O Cinema à Volta de Cinco Artes, Cinco Artes à Volta do Cinema – Cinematografia II

Em colaboração com o Festival Temps d’Images 2014
DISHONORED
Fatalidade
de Josef von Sternberg
com Marlene Dietrich, Victor McLaglen, Lew Cody, Warner Oland, Gustav von Seyffertitz
Estados Unidos, 1931 - 91 min
legendado em português | M/12

No “duelo” que as duas divas dos anos 30, Marlene e Greta Garbo, travaram por imposição dos estúdios (Paramount e MGM, respetivamente), DISHONORED é uma resposta a MATA HARI, interpretada pela segunda. E é imensamente superior, não só pela qualidade da encenação de Sternberg, naquele que talvez seja o seu filme mais venenoso e fetichista, como pela imagem transmitida por Marlene Dietrich, de um erotismo inultrapassável, na figura de uma espia (Agente X27) que se deixa matar por amor durante a primeira grande guerra. A cena do fuzilamento é uma das mais provocantes do cinema americano antes do código da censura.

08/11/2014, 19h30 | Sala Luís de Pina
Festival Temps d’Images: O Cinema à Volta de Cinco Artes, Cinco Artes à Volta do Cinema – Cinematografia II

Em colaboração com o Festival Temps d’Images 2014
INTERIOR N.Y. SUBWAY, 14TH ST. TO 42ND ST.| CONEY ISLAND AT NIGHT | ROMANCE OF RADIUM | LES CABINETS DE PHYSIQUE | 7 FAUX RACCORDS
duração total aproximada da sessão: 50 minutos | M/12
sessão apresentada por Bernard Eisenschitz

O alinhamento inicialmente previsto da sessão (CONEY ISLAND AT NIGHT | ROMANCE OF RADIUM | 7 FAUX RACCORDS) foi alterado, passando a incluir, na abertura INTERIOR N.Y. SUBWAY, 14TH ST. TO 42ND ST. de Billy Bitzer, e LES CABINETS DE PHYSIQUE de Eric Rohmer.

INTERIOR N.Y. SUBWAY, 14TH ST. TO 42ND ST.

de Billy Bitzer

Estados Unidos, 1905 - 5 min / mudo, sem intertítulos

CONEY ISLAND AT NIGHT
de Edwin S. Porter
Estados Unidos, 1905 – 4 min / mudo, sem intertítulos
ROMANCE OF RADIUM
de Jacques Tourneur
Estados Unidos, 1937 – 10 min / legendado eletronicamente em português

LES CABINETS DE PHYSIQUE

de Eric Rohmer

França, 1964 - 24 min / sem legendas
7 FAUX RACCORDS
de Raul Ruiz
com Henri Alekan, Olímpia Carisi, Raul Ruiz
França, 1984 – 60 min / legendado eletronicamente em português

Este programa, que vai dos primórdios do cinema aos anos 80, é organizado à volta da luz. O filme de Billy Bitzer, mais conhecido como operador de câmara de Griffith, segue a travessia de um metropolitano em Nova Iorque entre as ruas 14 e 42. CONEY ISLAND AT NIGHT, do pioneiro Edwin S. Porter (realizador do celebérrimo THE GREAT TRAIN ROBBERY), está resumido no seu título. Realizado para a conhecida e ambiciosa séria da televisão francesa CINÉMA CINÉMAS, o filme de Raul Ruiz consiste numa aula sobre a luz no cinema, dada pela grande diretor de fotografia Henri Alekan, a quem Ruiz pediu que fizesse sete cenas com uma atriz. A curta-metragem didática de Jacques Tourneur versa sobre a descoberta do rádio por Pierre e Marie Curie. De Eric Rohmer, LES CABINETS DE PHYSIQUE inclui igualmente o programa.