agosto de 2022
dstqqss
31123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031123
45678910
Ciclos
Pesquisa
CICLO
A Cinemateca com a Festa do Cinema Italiano: Pasolini Revisitado


A  Cinemateca já dedicou, corria o ano de 2006, um vasto ciclo e catálogo dedicados a essa figura imensa da cultura europeia do século XX que foi Pier Paolo Pasolini. Mas uma obra tão extensa, tão pujante e tão febril como a dele, desenrolada em diversas áreas de ação (e naturalmente, muito para lá do cinema), corre o risco de ser inesgotável. No ano do centenário do seu nascimento, sem voltar a repetir uma retrospetiva do seu trabalho como realizador, impunha-se voltar a essa obra, e investigar os outros modos da relação de Pasolini com o cinema, e do cinema com Pasolini. O ciclo que apresentamos tem, assim, duas vertentes. Por um lado, filmes que contaram com a participação ativa de Pasolini (como argumentista, produtor, ator ou – no caso de UNA VITA VIOLENTA – inspirador), obras onde se contam algumas raridades (como MILANO NERA), e onde é fascinante procurar os traços da sua presença, detetar o que ele trouxe ao universo de outros realizadores. Por outro lado, filmes, todos ou quase todos posteriores à sua morte, onde Pasolini se faz ainda uma presença, refletindo a perenidade e a “desesperada vitalidade” (como no poema dele que faz o título do filme de Mario Martone, UNA DISPERATA VITALITÀ) do seu legado. Esta viagem pela influência de Pasolini, que conta com vários filmes inéditos em Portugal, enquadra a apresentação, que não podia também faltar, de alguns dos títulos maiores da sua obra enquanto realizador – uma obra sempre nova, a que talvez possamos corresponder com um olhar novo.
 
 
06/04/2022, 15h30 | Sala M. Félix Ribeiro
Ciclo A Cinemateca com a Festa do Cinema Italiano: Pasolini Revisitado

Marisa la Civetta
Rosa de Fogo
de Mauro Bolognini
Itália, Espanha, 1957 - 81 min
 
06/04/2022, 19h30 | Sala Luís de Pina
Ciclo A Cinemateca com a Festa do Cinema Italiano: Pasolini Revisitado

Una Vita Violenta
de Paolo Heusch, Brunello Rondi
Itália, 1962 - 106 min
06/04/2022, 21h30 | Sala M. Félix Ribeiro
Ciclo A Cinemateca com a Festa do Cinema Italiano: Pasolini Revisitado

Il Vangelo Secondo Matteo
O Evangelho Segundo S. Mateus
de Pier Paolo Pasolini
Itália, 1964 - 137 min
07/04/2022, 15h30 | Sala M. Félix Ribeiro
Ciclo A Cinemateca com a Festa do Cinema Italiano: Pasolini Revisitado

Il Bell’Antonio
O Belo António
de Mauro Bolognini
Itália, França, 1960 - 102 min
08/04/2022, 15h30 | Sala M. Félix Ribeiro
Ciclo A Cinemateca com a Festa do Cinema Italiano: Pasolini Revisitado

Pasolini
Pasolini
de Abel Ferrara
Itália, Bélgica, França, 2014 - 84 min
06/04/2022, 15h30 | Sala M. Félix Ribeiro
A Cinemateca com a Festa do Cinema Italiano: Pasolini Revisitado
Marisa la Civetta
Rosa de Fogo
de Mauro Bolognini
com Marisa Allasio, Renato Salvatori, Francisco Rabal
Itália, Espanha, 1957 - 81 min
legendado eletronicamente em português | M12
sessão apresentada por Lorenzo Codelli
Primeiro encontro de Pasolini (como argumentista) com Mauro Bolognini, para uma colaboração que se repetiria em vários dos filmes seguintes do realizador de MARISA LA CIVETTA. Que até é um filme onde se notam alguns dos interesses temáticos de Pasolini, a partir do contexto social em que a narrativa se desenrola, as classes e os bairros populares de Civitavecchia, nos arredores de Roma. A protagonista é uma vendedora de bebidas na estação de comboios de Civitavecchia, alvo de cobiça amorosa por parte dos homens e rapazes que ali trabalham ou passam todos os dias. Uma “comédia leve mas não estúpida”, como a definiu um crítico italiano. A exibir em cópia digital. Primeira apresentação na Cinemateca.

consulte a FOLHA DA CINEMATECA aqui
06/04/2022, 19h30 | Sala Luís de Pina
A Cinemateca com a Festa do Cinema Italiano: Pasolini Revisitado
Una Vita Violenta
de Paolo Heusch, Brunello Rondi
com Franco Citti, Serena Vergano, Alfredo Leggi
Itália, 1962 - 106 min
legendado eletronicamente em português | M/12
Brunello Rondi foi argumentista de Roberto Rossellini e Federico Fellini em vários dos filmes mais importantes desses autores durante as décadas de 50 e 60, e aqui – em parceria com Paolo Heusch – ensaiava a primeira aventura na realização. UNA VITA VIOLENTA adapta o romance homónimo de Pier Paolo Pasolini, que no ano anterior se estreara como realizador (em ACCATTONE) e não teve, aqui, qualquer intervenção direta. Mas entre os atores está Franco Citti (que fora o protagonista de ACCATTONE), e o seu irmão Sergio Citti, que também viria a ser um colaborador regular de Pasolini, encontra-se entre os coargumentistas. Como o livro de Pasolini, o filme segue os dramas e as deambulações de um grupo de jovens de um dos mais delapidados bairros romanos. Primeira apresentação na Cinemateca.

consulte a FOLHA DA CINEMATECA aqui
06/04/2022, 21h30 | Sala M. Félix Ribeiro
A Cinemateca com a Festa do Cinema Italiano: Pasolini Revisitado
Il Vangelo Secondo Matteo
O Evangelho Segundo S. Mateus
de Pier Paolo Pasolini
com Enrique Irazoqui, Margherita Caruso, Marcello Morante
Itália, 1964 - 137 min
legendado em português | M/12
Pasolini declarou a propósito deste filme, cujo título original é O EVANGELHO SEGUNDO MATEUS e não segundo “São Mateus”: “Não creio que Cristo seja filho de Deus porque não sou crente. Mas creio que Cristo é divino: creio que nele a humanidade é tão alta, rigorosa e ideal que vai além dos termos comuns da humanidade”. Dedicado ao Papa João XXIII, o filme lança um olhar moderno sobre a palavra de Cristo, inscrevendo-a numa paisagem intemporal que tanto se refere ao passado como ao presente, com um Cristo reivindicativo, quase duro. Se em ACCATTONE e MAMMA ROMA, Pasolini sacralizou os subproletários, no VANGELO talvez tenha feito de Cristo um porta-voz dos danados da Terra. A exibir em cópia digital.

consulte a FOLHA DA CINEMATECA aqui
07/04/2022, 15h30 | Sala M. Félix Ribeiro
A Cinemateca com a Festa do Cinema Italiano: Pasolini Revisitado
Il Bell’Antonio
O Belo António
de Mauro Bolognini
com Marcello Mastroianni, Claudia Cardinale, Pierre Brasseur
Itália, França, 1960 - 102 min
legendado eletronicamente em português | M/12
Argumento de Pasolini, baseado num romance de Vitaliano Brancati. Um retrato satírico dos costumes da Sicília, com especial ênfase na sexualidade. História do casamento do “belo António” (Marcello Mastroianni) com Barbara (Claudia Cardinale), casamento que ele nunca consegue consumar, naquele que é, porventura, o melhor filme de Bolognini.

consulte a FOLHA DA CINEMATECA aqui
08/04/2022, 15h30 | Sala M. Félix Ribeiro
A Cinemateca com a Festa do Cinema Italiano: Pasolini Revisitado
Pasolini
Pasolini
de Abel Ferrara
com Willem Dafoe, Ninetto Davoli, Riccardo Scammarcio
Itália, Bélgica, França, 2014 - 84 min
legendado em português | M/16
PASOLINI marca o momento em que Abel Ferrara, em meados da década passada, se mudou para Roma e se tornou um realizador “europeu”. E a aventura europeia de Ferrara iniciou-se com uma evocação de uma das principais referências do realizador, Pier Paolo Pasolini. Longe de ter uma lógica de biopic tradicional, PASOLINI reconstitui alguns episódios da vida do autor italiano, sobretudo nos seus anos finais, à mistura com alguns segmentos mais fantasiosos e oníricos. Willem Dafoe é prodigioso na maneira como se transforma em Pasolini, e o filme conta com figuras cruciais do universo pasoliniano, como é o caso de Ninetto Davoli. Primeira apresentação na Cinemateca.

consulte a FOLHA DA CINEMATECA aqui