novembro de 2019
dstqqss
272829303112
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
1234567
PROGRAMA
Ciclos
Pesquisa
09/11/2019, 15h00 | Salão Foz
Cinemateca Júnior
Wadjda
O Sonho de Wadjda
de Haifaa al-Mansour
com Waad Mohammed, Reem Abdullah, Abdullrahman Al Gohani
Alemanha, Arabia Saudita, 2012 - 98 min
legendado em português | M/12
Wadja é uma rapariga saudita, independente, determinada e cheia de sonhos. Um deles, aparentemente simples, é o de ter uma bicicleta. Para conseguir o dinheiro necessário, participa numa campeonato de recitação do Corão, mas o dinheiro não será o maior dos seus problemas. Terá de enfrentar a resistência da família e os constrangimentos sociais que pesam sobre as mulheres no seu país. Um filme no feminino, íntimo e por vezes duro, em que uma vulgar bicicleta se torna um símbolo de liberdade numa sociedade patriarcal como a da Arábia Saudita. A apresentar em cópia digital.
 
09/11/2019, 15h30 | Sala M. Félix Ribeiro
Double Bill
Paterson | Kohayagawa-ke no Aki
duração total da projeção: 216 min | M/12
entre os dois filmes há um intervalo de 20 minutos
PATERSON
Paterson
de Jim Jarmusch
com Adam Driver, Golshifteh Farahani, Rizwan Manji, Nellie (o cão)
Estados Unidos, 2016 – 118 min / legendado em português
KOHAYAGAWA-KE NO AKI
“Fim de Verão” / “O Outono da Família Kohayagawa”
de Yasujiro Ozu
com Ganjiro Nakamura, Setsuko Hara, Yoko Tsukasa, Chieko Naniwa
Japão, 1961 – 98 min / legendado em francês e eletronicamente em português

PATERSON regista discretamente os sucessos e derrotas da vida quotidiana, tornando a poesia evidente nos seus mínimos detalhes. Paterson, um motorista de autocarro na cidade de Paterson, Nova Jersey, observa a cidade pelo pára-brisas, repete sempre o mesmo caminho entre casa e trabalho, passeia sistematicamente o cão à noite,... Na cadência pausada dos seus dias, Paterson vai anotando num caderninho os poemas que lhe ocorrem a cada momento. Por outro lado, no mundo da sua mulher, novos sonhos surgem diariamente. O título do filme de Ozu, o penúltimo do mestre japonês, significa literalmente “O Outono da Família Kohayagawa”, mas é normalmente conhecido pela tradução literal do título comercial francês: “Fim de Verão”. Como de costume, nesta fase final, Ozu tece variações sobre um tema único: a família japonesa e a sua dissolução, neste caso um pequeno industrial de Osaka, que encontra uma antiga amante em cuja casa vem a morrer. Realizado com o absoluto rigor formal que caracteriza o cinema de Ozu na maturidade (planos fixos, câmara baixa) e em esplêndidas cores, KOHAYAGAWA-KE NO AKI é um filme sobre o adeus à vida. Mas um adeus alegre e despreocupado.
 
09/11/2019, 21h30 | Sala M. Félix Ribeiro
In Memoriam Albert Finney
Two for the Road
Caminho para Dois
de Stanley Donen
com Audrey Hepburn, Albert Finney, Jacqueline Bisset, Eleanor Bron, Claude Dauphin, Nadia Gray
Reino Unido, 1967 - 111 min
legendado eletronicamente em português | M/12
Audrey Hepburn e Albert Finney protagonizam “um pas de deux sobre rodas” que decorre durante uma viagem pelo sul de França, evocando a relação de doze anos de um arquiteto e da sua mulher, numa narrativa cuja não linearidade foi, na altura, causa de espanto. O título vem da canção tema do filme, Two for the Road, de Henry Mancini.