maio de 2019
dstqqss
2829301234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930311
2345678
PROGRAMA
Ciclos
Pesquisa
15/05/2019, 15h30 | Sala M. Félix Ribeiro
1939 – Dançando Sobre um Vulcão
Young Mr. Lincoln
A Grande Esperança
de John Ford
com Henry Fonda, Alice Brady, Marjorie Weaver, Donald Meek, Ward Bond
Estados Unidos, 1939 - 100 min
legendado em português | M/12
Inspirando-se num episódio da vida de Abraham Lincoln no começo da sua carreira de advogado, John Ford dirige um dos filmes maiores da sua obra e um dos mais pessoais. Para muitos, é mesmo a sua obra-prima absoluta. Eisenstein referiu-se a YOUNG MR. LINCOLN como o filme que gostaria de ter feito.
 
15/05/2019, 18h30 | Sala Luís de Pina
Povos em Movimento – Migração, Exílio, Diáspora (III)
Festa dos Emigrantes | Um Abraço Português | Emigrantes Portugueses
duração total da projeção: 87 min | M/12
com a presença de Nuno Cintra Torres
FESTA DOS EMIGRANTES
da Cinequipa
Portugal, 1974 – 5 min
UM ABRAÇO PORTUGUÊS
de António Escudeiro
Portugal, 1977 – 49 min
EMIGRANTES PORTUGUESES
de Nuno Cintra Torres
Suécia, 1972-73 – 33 min

Um programa um tanto contrastante. UM ABRAÇO PORTUGUÊS é um filme genérico e algo oficial, que mostra emigrantes portugueses no Brasil, na Venezuela, nos Estados Unidos e em diversos países europeus, em atividades de lazer e trabalho. EMIGRANTES PORTUGUESES, produzido em França pelo coletivo Cinearma antes do 25 de Abril, é um filme militante, porém sem nada de esquemático e que, além de analisar a exploração do proletário emigrado, olha com atenção e respeito os indivíduos que mostra. A abrir a sessão, um raro e breve documento realizado pela Cinequipa, uma cooperativa de cinema experimental e político, fundada imediatamente a seguir ao 25 de Abril. FESTA DOS EMIGRANTES e UM ABRAÇO PORTUGUÊS são primeiras exibições na Cinemateca.
 
15/05/2019, 19h00 | Sala M. Félix Ribeiro
A Cinemateca com o Indielisboa: Anna Karina

Em colaboração com Indielisboa – Associação Cultural
Lo Straniero
O Estrangeiro
de Luchino Visconti
com Marcello Mastroianni, Anna Karina, Georges Wilson, Bernard Blier
Itália, França, Argélia, 1967 - 104 min
legendado eletronicamente em português | M/12
Visconti trabalhou a adaptação do romance de Camus (O Estrangeiro, 1942) seduzido pela possibilidade de traçar um fresco político contemporâneo centrado no fim da colonização francesa na Argélia, versão que a viúva de Camus impossibilitou exigindo que o livro fosse escrupulosamente seguido. Visconti manteve-se fiel aos compromissos de produção e filmou LO STRANIERO mas desinteressou-se do projeto, para o que além das pressões de Francine Camus e do produtor Dino De Laurentiis, terá contribuído a desistência do ator com quem queria trabalhar, Alain Delon, que Mastroianni acabou por substituir, contracenando com Anna Karina. Para muitos, LO STRANIERO é um Visconti fracassado. Outros enaltecem a primeira parte, rodada sob o sol da Argélia. Na Cinemateca foi exibido uma única vez, em 1997.
 
15/05/2019, 21h30 | Sala M. Félix Ribeiro
1939 – Dançando Sobre um Vulcão
Mr. Smith Goes to Washington
Peço a Palavra
de Frank Capra
com James Stewart, Jean Arthur, Claude Rains, Edward Arnold, Thomas Mitchell
Estados Unidos, 1939 - 125 min
legendado eletronicamente em português | M/12
Um dos apólogos rooseveltianos de Capra, com James Stewart no papel de um americano idealista, que descobre a corrupção no Senado americano. Entra então em luta com os elementos corruptos do sistema e é ameaçado de expulsão do Senado, sendo julgado pelos seus pares. A justiça acabará por vencer. Além disso, se Griffith "inventou" o grande plano, Capra, nos fabulosos grandes planos de Jean Arthur, "reinventou-o" no cinema sonoro de Hollywood. A apresentar em cópia digital.