CICLO
In Memoriam Pierre-Marie Goulet


A Cinemateca presta homenagem a Pierre-Marie Goulet (1950--2021). O cineasta iniciou a sua carreira como realizador na década de 1970, em França, contando principalmente com curtas-metragens e documentários, como MEVLEVI” (1970), CORPS MORTS (1972), UM PAYSAN DES ALPES (1973), NAISSANCE (1973), Ô GAULE (1974), ICI (1975), DJERRAHI (1978), BALADE (1978), SITE (1980), AT PÈRE LACHAISE (1986) e PLAGE (1987). Radicado em Portugal desde 1990, edificou uma singularíssima obra de cinema poético realizada em Portugal, composta por três belíssimos filmes, POLIFONIAS - PACI É SALUTA (1998), ENCONTROS (2006) e O ÚLTIMO PORTO – ALÉM DAS PONTES (2016), a qual, no entrecruzamento entre imagem, música e poesia, torna visível a importância do esforço de resgate da memória do cinema, da cultura portuguesa e da terra, enquanto momentos estéticos que nos definem. Nestes filmes, e nas palavras de José Manuel Costa “o Alentejo é parte de uma terra maior que circunda o mediterrâneo, e onde, pela música e pela poesia popular, se fala uma língua comum. Filmou a roda do cante alentejano como, nos seus inícios, tinha filmado o rodopio dos dervixes das cerimónias sufi, e, num sentido literal, usou a câmara para ligar pessoas, que eram sempre comunidades, ou que, nos seus filmes, se tornaram comunidades”. Deixou ainda a sua marca enquanto admirável programador, “desenhando e acompanhando ciclos que por sua vez ficaram registados sobre a arte da programação”, como "O Olhar de Ulisses", no Porto em 2001 e "Duas Margens" no DocLisboa de 2002, tendo ainda sido cofundador da Associação Os Filhos de Lumière, no qual, com a sua companheira Teresa Garcia, realizou um importante trabalho pedagógico em workshops e programas, como é o caso de "O Cinema, cem anos de juventude", onde construíram passo a passo, ainda uma outra comunidade, feita das crianças e jovens que por aí foram crescendo com o cinema.
A Cinemateca despede-se, deste modo, “de um grande Realizador, de um Amigo, e, durante as duas últimas décadas, um muito próximo e inestimável Colaborador” (José Manuel Costa).
 
 
07/12/2021, 21h30 | Sala M. Félix Ribeiro
Ciclo In Memoriam Pierre-Marie Goulet

O Último Porto – Além das Pontes
de Pierre-Marie Goulet
Portugal, 2019 - 87 min
 
07/12/2021, 21h30 | Sala M. Félix Ribeiro
In Memoriam Pierre-Marie Goulet
O Último Porto – Além das Pontes
de Pierre-Marie Goulet
com Kudsi Erguner, Virgínia Dias, Manuela Barros Ferreira, Cláudio Torres, Margarida Pamplona Leite, Nezih Uzel
Portugal, 2019 - 87 min
legendado em português | M/12
com as presenças de Teresa Garcia e Kudsi Erguner (a confirmar)
Derradeiro filme de Pierre-Marie Goulet, O ÚLTIMO PORTO procura concretizar em imagens e sons o sentimento de uma analogia subterrânea, sem dúvida em parte subjetiva, a partir de dados topográficos e culturais portugueses e turcos, evocando também a permanência silenciosa da cultura muçulmana na cultura portuguesa. Ao provocar encontros entre membros destas duas culturas, por intercessão da música, da poesia e dos lugares, revela-se o que, para além dos dados históricos, tece os laços entre dois universos aparentemente tão distantes um do outro.