agosto de 2020
dstqqss
2627282930311
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
303112345
PROGRAMA
Ciclos
Pesquisa
CICLO
Do Fundo do Coração


Vai falar o coração. O órgão motor, biomecânico, cujo batimento sinaliza o tempo da vida de cada um de nós, mas também o objeto simbólico na diversidade das culturas humanas. O órgão que, na cultura ocidental, se enraizou como símbolo dos sentimentos, das emoções e das paixões, mas que tem também sido visto, entre muitas outras coisas, como centro de vida intuitiva e espiritual. É esse órgão e esse símbolo que nos vai falar como objeto de cinema, e aqui também, pelo menos, em duas grandes vertentes: aquela em que é assunto, ou tema, e aquela em que o próprio tema se converte em motor narrativo. Por um lado, a exaltação e a dor da paixão, ou a fragilidade e a vacilação da vida em resultado das suas patologias; por outro, a ameaça da sua paragem como dipositivo dramático, a contagem decrescente para uma morte anunciada ou pressentida enquanto alavanca narrativa, mecanismo de respiração do filme ou chave do seu desenho temporal. Mesmo enquanto tema ficcional (aquilo que, no cinema, pode tornar-se qualquer assunto da vida e das sociedades humanas), o que nos interessou foi então o lado potencialmente extremo e orgânico dele no ato cinematográfico, ou, dito de outro modo, a forma como pode também mexer com algumas das pulsões mais fundas que, há mais de um século, nos fazem desejar a fantasmagoria da sala escura. O ciclo foi um desafio lançado pela Sociedade Portuguesa de Cardiologia, que, em data quase coincidente com a da Cinemateca, comemora este ano o seu septuagésimo aniversário, e a cujo Presidente, Professor Doutor Victor Gil, desejamos agradecer o empenho e a colaboração prestada. Mais do que um desafio vago ou geral, este foi porém um desafio informado, que, em particular, envolveu o conhecimento cinematográfico de dois grandes amigos da Cinemateca, também eles médicos cardiologistas – Armando Bordalo e Sá e Pedro Matos. Exemplos de uma tradição de cinefilia extrema e não raro notabilíssima numa das áreas profissionais em que ela sempre existiu entre nós, as suas propostas e o seu entusiasmo não podiam deixar de sensibilizar uma casa que, além de tudo o mais, nasceu ela própria pelo sonho persistente de um médico, Manuel Félix Ribeiro, que de novo nos apraz evocar. Arrancando com os abismos da paixão – a grande obra de Francis Ford Coppola, a que fomos buscar o título neste caso dado pela distribuição portuguesa –, seguem-se-lhe nove outros filmes de tempos e registos variados, nos quais, mais ou menos centralmente, em tom de drama ou comédia e de forma mais realista ou mais fantasiosa, têm também lugar os riscos e as patologias do nosso órgão vital. Um mapa, entre muitos outros possíveis, desses riscos, ou dessas falhas, no coração do cinema.
 
 
09/12/2019, 21h30 | Sala M. Félix Ribeiro
Ciclo Do Fundo do Coração

One From the Heart
Do Fundo do Coração
de Francis Ford Coppola
Estados Unidos, 1982 - 100 min
 
10/12/2019, 19h00 | Sala M. Félix Ribeiro
Ciclo Do Fundo do Coração

All That Jazz
de Bob Fosse
Estados Unidos, 1982 - 123 min
11/12/2019, 15h30 | Sala M. Félix Ribeiro
Ciclo Do Fundo do Coração

Dinner at Eight
Jantar às 8
de George Cukor
Estados Unidos, 1933 - 110 min
11/12/2019, 18h30 | Sala Luís de Pina
Ciclo Do Fundo do Coração

John Q.
de Nick Cassavetes
Estados Unidos, 2002 - 118 min
11/12/2019, 21h30 | Sala M. Félix Ribeiro
Ciclo Do Fundo do Coração

Sorry, Wrong Number
Três Minutos de Vida
de Anatole Litvak
Estados Unidos, 1948 - 89 min
09/12/2019, 21h30 | Sala M. Félix Ribeiro
Do Fundo do Coração

em colaboração com a Sociedade Portuguesa de Cardiologia
One From the Heart
Do Fundo do Coração
de Francis Ford Coppola
com Frederic Forrest, Teri Garr, Raul Julia, Nastassja Kinski
Estados Unidos, 1982 - 100 min
legendado eletronicamente em português | M/12
sessão com apresentação
Com esta feérie romântica, Coppola propôs-se reinventar o musical numa Las Vegas de estúdio e com grandes inovações técnicas. Aqui tentou fazer nascer a sua companhia, a Zoetrope, e aqui se afundou economicamente o realizador, mesmo que o filme tenha ficado como uma das obras mais decisivas dos anos 1980. ONE FROM THE HEART é também um filme indissociável da melancolia da banda musical de Tom Waits, e do tilintar da moeda caída ao chão que se ouve numa das canções. A apresentar em cópia digital.
 
10/12/2019, 19h00 | Sala M. Félix Ribeiro
Do Fundo do Coração

em colaboração com a Sociedade Portuguesa de Cardiologia
All That Jazz
de Bob Fosse
com Roy Scheider, Jessica Lange, Leland Palmer
Estados Unidos, 1982 - 123 min
legendado eletronicamente em português | M/12
Foi o penúltimo filme do coreógrafo e realizador Bob Fosse, um dos nomes incontornáveis do teatro e do cinema musical americano. Com evidentes elementos autobiográficos, aborda as relações de um artista com a sua obra e com a morte. Joe Gideon (Roy Scheider) é um coreógrafo mulherengo e viciado em drogas, obcecado com a escolha do elenco para o seu novo musical e a montagem de um novo filme. Sem estupefacientes e com uma doença cardíaca, Joe não tem energia necessária para lidar com a namorada, a ex-mulher e uma filha muito particular. Situações do passado começam a emergir no presente, transformando a sua vida num caos. Recebeu quatro dos nove Óscares para que estava nomeado. A apresentar em cópia digital.
 
11/12/2019, 15h30 | Sala M. Félix Ribeiro
Do Fundo do Coração

em colaboração com a Sociedade Portuguesa de Cardiologia
Dinner at Eight
Jantar às 8
de George Cukor
com Marie Dressler, Jean Harlow, John Barrymore, Walter Berry
Estados Unidos, 1933 - 110 min
legendado eletronicamente em português | M/12
Baseado numa peça de sucesso situada na alta-roda nova-iorquina, trata-se de uma história de dinheiro, com personagens que nasceram ricas e outras que estão dispostas a ficá-lo, a qualquer custo. Num papel de arrivista vulgar, Jean Harlow tem um dos seus maiores desempenhos, mas a personagem mais inesquecível e divertida é a de Marie Dressler, veterana atriz que morreria no ano seguinte, aos 65 anos. Uma das primeiras obras-primas incontestadas de George Cukor.
 
11/12/2019, 18h30 | Sala Luís de Pina
Do Fundo do Coração

em colaboração com a Sociedade Portuguesa de Cardiologia
John Q.
de Nick Cassavetes
com Denzel Washington, Kimberly Elise, Daniel E. Smith, James Woods, Anne Heche, Robert Duvall, Ray Liotta
Estados Unidos, 2002 - 118 min
legendado em sueco e eletronicamente em português | M/12
Um pai (Denzel Washington), vendo-se na impossibilidade de pagar o transplante de coração de que o seu filho necessita, barrica-se nas emergências do hospital e faz da equipa médica refém, até que concordem em fazer a operação. Entram em cena, um negociador da polícia (Robert Duvall) e um impaciente chefe de polícia (Ray Liotta), que deseja encerrar o caso o mais rapidamente possível. Primeira exibição na Cinemateca.
 
11/12/2019, 21h30 | Sala M. Félix Ribeiro
Do Fundo do Coração

em colaboração com a Sociedade Portuguesa de Cardiologia
Sorry, Wrong Number
Três Minutos de Vida
de Anatole Litvak
com Barbara Stanwick, Burt Lancaster, Ann Richards, Wendell Corey, Ed Begley
Estados Unidos, 1948 - 89 min
legendado eletronicamente em português | M/12
Adaptado de uma famosa peça radiofónica de Lucille Fletcher pela própria autora, SORRY, WRONG NUMBER é um notável thriller que conta a história de uma mulher acamada por doença cardíaca e que está na iminência de ser morta por um assassino contratado pelo marido. Um tema que antecipa o nosso conhecido DIAL M FOR MURDER, de Hitchcock. Barbara Stanwick, numa notável criação, teve aqui a sua quarta e última nomeação para o Óscar, que nunca ganhou. A apresentar em cópia digital.