agosto de 2020
dstqqss
2627282930311
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
303112345
PROGRAMA
Ciclos
Pesquisa
CICLO
O Que Quero Ver


Em época natalícia, “O Que Quero Ver” regressa em versão aumentada para melhor tentar acompanhar as muitas solicitações dos espectadores da Cinemateca recebidas ao longo do ano de 2019. Aproveitamos então o mês de dezembro para dar mais ampla resposta a essas propostas com um conjunto de 12 filmes, todos eles absolutamente inéditos nas salas da Rua Barata Salgueiro, numa escolha quase tão eclética como a amplitude das sugestões que temos recebido ao longo dos 20 anos redondos que já dura esta rubrica regular. Ainda que muitos desejos fiquem por corresponder, estas primeiras apresentações na Cinemateca encerram em beleza o ano com o potencial de surpresa de 12 (re)descobertas programadas a partir dos contributos dos nossos espectadores.
 
 
02/12/2019, 19h00 | Sala M. Félix Ribeiro
Ciclo O Que Quero Ver

The Keep
O Guardador do Mal
de Michael Mann
Reino Unido, Estados Unidos, 1983 - 96 min
 
03/12/2019, 15h30 | Sala M. Félix Ribeiro
Ciclo O Que Quero Ver

Farewell to the King
Adeus ao Rei
de John Milius
Estados Unidos, 1989 - 117 min
03/12/2019, 19h00 | Sala M. Félix Ribeiro
Ciclo O Que Quero Ver

School Daze
Aulas Turbulentas
de Spike Lee
Estados Unidos, 1988 - 121 min
04/12/2019, 15h30 | Sala M. Félix Ribeiro
Ciclo O Que Quero Ver

It’s My Turn
Agora É a Minha Vez
de Claudia Weill
Estados Unidos, 1980 - 91 min
05/12/2019, 15h30 | Sala M. Félix Ribeiro
Ciclo O Que Quero Ver

In Nome della Legge
Em Nome da Lei
de Pietro Germi
1949 - 100 min
02/12/2019, 19h00 | Sala M. Félix Ribeiro
O Que Quero Ver
The Keep
O Guardador do Mal
de Michael Mann
com Scott Glenn, Alberta Watson, Jürgen Prochnow, Robert Prosky, Gabriel Byrne, Ian McKellen
Reino Unido, Estados Unidos, 1983 - 96 min
legendado eletronicamente em português | M/12
Com uma banda sonora etérea de Tangerine Dream, que ficou mais famosa do que o filme propriamente dito, THE KEEP é um atmosférico thriller paranormal adaptado de um romance de F. Paul Wilson que é ambientado na Roménia sob ocupação nazi. Uma força demoníaca de origem incerta ataca um grupo de soldados do Terceiro Reich. O ambiente de pesadelo desafiará a lógica narrativa, o que em parte explica a incompreensão que gerou no boxoffice e junto da maioria da crítica. No entanto, THE KEEP tem todos os condimentos do típico filme de culto, desde logo, foi um “elefante branco” realizado durante um período de graça na carreira de Michael Mann: surge na sua filmografia depois do magnífico THIEF e antes da série por si produzida que lhe traria fama global, “Miami Vice”.
 
03/12/2019, 15h30 | Sala M. Félix Ribeiro
O Que Quero Ver
Farewell to the King
Adeus ao Rei
de John Milius
com Nick Nolte, Nigel Havers, Frank McRae, Gerry Lopez
Estados Unidos, 1989 - 117 min
legendado em português | M/12
John Milius, que escreveu o argumento de APOCALYPSE NOW, oferece a possibilidade de vermos um filme em que uma personagem semelhante ao Coronel Kurtz (interpretada por Marlon Brando no filme de Coppola) é o grande protagonista. Nick Nolte encarna um soldado que, depois de ter escapado ao cativeiro japonês numa ilha do Pacífico, “desaparece” na selva, sendo adotado e depois tornando-se o rei todo-poderoso da tribo que o descobre. Num surpreendente processo de renúncia à guerra, a personagem “maior que a vida” interpretada por Nolte é o paradigma do (anti-)herói do cinema de Milius, homem complexo que, além de ser um entusiasta das armas, atribui a si mesmo a etiqueta de “anarquista zen”.
 
03/12/2019, 19h00 | Sala M. Félix Ribeiro
O Que Quero Ver
School Daze
Aulas Turbulentas
de Spike Lee
com Laurence Fishburne, Giancarlo Esposito, Tisha Campbell-Martin, Spike Lee
Estados Unidos, 1988 - 121 min
legendado eletronicamente em português | M/12
Em 1988, Spike Lee ainda estava em processo de sedimentação de uma linguagem fílmica que iria “explodir” em DO THE RIGHT THING no ano seguinte. Para um cineasta em formação, a escola era o campo de batalha ideal. Explorando as divisões raciais e sociais de um corpo estudantil numa ficcionada universidade só para negros, Lee quis afirmar a “riqueza da cultura negra”, como confidenciou, mas também emancipar-se de todas as etiquetas que nesta altura lhe eram coladas: “Queria mandar para as urtigas essa treta do ‘Woody Allen negro’. Demasiadas vezes, os negros são comparados com artistas brancos. Para mim, isso é dizer (...) que o meu trabalho não é original.” A apresentar em cópia digital.
 
04/12/2019, 15h30 | Sala M. Félix Ribeiro
O Que Quero Ver
It’s My Turn
Agora É a Minha Vez
de Claudia Weill
com Jill Clayburgh, Michael Douglas, Charles Grodin, Beverly Garland, Steven Hill
Estados Unidos, 1980 - 91 min
legendado eletronicamente em português | M/12
Depois de refletir sobre os ups and downs de uma relação entre duas amigas no “simples e simpático” (Luís de Pina) GIRLFRIENDS, Weill explora um mais tradicional boy meets girl. Mas o foco está na girl interpretada por esse verdadeiro ícone feminino do cinema americano deste período chamado Jill Clayburgh. Uma professora de matemática apaixona-se, em Nova Iorque, por um antigo jogador de baseball (Michael Douglas) durante um casamento que celebra a união do pai dela com a mãe dele. No meio disto tudo está o namorado atual da protagonista, um empresário com quem partilha casa em Chicago. Comédia romântica tipicamente “dilemática” mas com uma menos típica essência feminina.
 
05/12/2019, 15h30 | Sala M. Félix Ribeiro
O Que Quero Ver
In Nome della Legge
Em Nome da Lei
de Pietro Germi
com Massimo Girotti, Jone Salinas, Camillo Mastrocinque, Charles Vanel, Saro Urzi
1949 - 100 min
legendado eletronicamente em português | M/12
Antes de se ter tornado um dos nomes maiores da comédia à italiana, Pietro Germi especializou-se em dramas de pendor realista que se apresentavam imersos na realidade sociológica da Itália do pós-guerra. Filmado no coração da Sicília, IN NOME DELLA LEGGE conta a história de um jovem magistrado colocado em Capodarso, onde testemunha e é visado pelas lutas de poder locais. Neste “mundo feudal”, o juiz inicia uma batalha entre a ordem da máfia e a ordem da justiça, no que é uma versão à italiana de algumas narrativas clássicas do western americano, como a de MY DARLING CLEMENTINE de John Ford, e que decerto não terá sido indiferente a Francis Ford Coppola para a realização da sequência siciliana de THE GODFATHER, com a qual o filme de Germi partilha um dos seus atores: Saro Urzì.