maio de 2017
dstqqss
30123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031123
45678910
Ciclos
Pesquisa
22/05/2017, 15h30 | Sala M. Félix Ribeiro
Almada, da Dança das Formas à Imaginação
The Red Shoes
Os Sapatos Vermelhos
de Michael Powell, Emeric Pressburger
com Anton Walbrook, Moira Shearer, Esmond Knight, Leonide Massine
Reino-Unido, 1948 - 136 min
legendado eletronicamente em português | M/6
Uma das obras-primas do cinema britânico da década de quarenta, que tem por tema a relação entre a vida e a arte. Guiada por um empresário visivelmente inspirado na figura de Diaghilev, uma jovem bailarina torna-se uma estrela, mas tem de enfrentar o dilema entre entregar-se inteiramente à carreira ou sacrificar o amor. A fotografia em Technicolor de Jack Cardiff, a fabulosa direção artística de Hein Heckroth e a música de Brian Easdale construíram um dos mais belos musicais de sempre. Léonide Massine, que entre 1915 e 1921 foi o principal coreógrafo dos Ballets Russes de Diaghilev, tem aqui um dos seus mais importantes papéis no cinema, coreografando e dançando uma importante sequência do filme. De Powell/Pressburger a Almada e ao seu bailado A Princesa dos Sapatos de Ferro (1918), são vários os universos que se fundem sob o signo da explosão da cor, da dança e da imaginação. A apresentar em cópia digital.
 
22/05/2017, 18h00 | Sala M. Félix Ribeiro
Histórias do Cinema: Chris Fujiwara / Otto Preminger
The Fan
O Leque de Lady Windermere
de Otto Preminger
com George Sanders, Jeanne Crain, Madeleine Carroll
Estados Unidos, 1949 - 89 min
legendado eletronicamente em português | M/12
Sessão-conferência | apresentada e comentada Chris Fujiwara, em inglês
Um dos menos conhecidos e amados filmes de Preminger. THE FAN volta a juntar Oscar Wilde e George Sanders, tentando assim replicar o êxito de THE PICTURE OF DORIAN GRAY, realizado poucos anos antes. Relativamente mal recebido à época, em que se criticou sobretudo a pouca fidelidade ao texto original, o filme tem vindo a ser lenta mas progressivamente reabilitado graças à sua mise-en-scène e à excelência do seu elenco. Segunda passagem a 24, às 15h30 (ver “O Factor Preminger”).
 
22/05/2017, 18h30 | Sala Luís de Pina
Imagem por Imagem (Cinema de Animação)
Hou Zi Diao Yu | Yu Bang Xiang Zheng | Jia Zi Jiu Lu | Shan Shui Qing
duração total da projeção: 63 min | M/12
HOU ZI DIAO YU / MONKEY FISSHING IN THE STREET
de Shu Ling
China, 1983 – 15 min / sem diálogos
YU BANG XIANG ZHENG / THE STRUGGLE BETWEEN SNIPE AND MUSSELS
de Hu Jinqing
China, 1983 – 10 min / sem diálogos
JIA ZI JIU LU / SAVING THE DEER
de Lin Wenxiao, Chang Guangxi
China, 1985 – 19 min / sem diálogos
SHAN SHUI QING / FEELINGS OF MOUNTAIN AND WATERS
de Wei Te
China, 1988 – 19 min / sem diálogos

Continuando a abordagem ao mesmo universo iniciada nesta rubrica no mês anterior, apresentamos uma nova série de curtas-metragens de animação chinesas produzidas pelo Estúdio de Animação de Xangai na década de oitenta. Mais uma vez, trata-se de obras de evidente beleza plástica, adaptando na sua generalidade contos tradicionais chineses e com recurso a uma linguagem essencialmente visual, sem diálogos. Entre os quatro filmes, assinala-se a inclusão de YU BANG XIANG ZHENG (THE STRUGGLE BETWEEN SNIPE AND MUSSELS), vencedor do Urso de Prata de Berlim para melhor curta-metragem em 1984, ou SHAN SHUI QING (FEELINGS OF MOUNTAIN AND WATERS), de Wei Te, o inventor de uma técnica de animação própria com recurso a aguarela e tinta-da-china, e de que este é o derradeiro exemplo produzido pelos estúdios, num momento de forte concorrência com o mercado internacional, nomeadamente norte-americano.
 
22/05/2017, 21h30 | Sala M. Félix Ribeiro
A Cinemateca com o FIMFA LX

Em colaboração com o Fimfa Lx17 – Festival Internacional de Marionetas e Formas Animadas
Puppet
de David Soll
com Dan Hurlin, Matt Acheson, Eric Wright
Estados Unidos, 2010 - 74 min
legendado eletronicamente em português | M/12
Formado em Filosofia Política e ex-colaborador das duas campanhas presidenciais de Barack Obama, como produtor e montador de anúncios televisivos, David Soll estreou-se na longa-metragem com PUPPET, estreado no Festival Doc Nyc e apresentado em vários outros. O filme retraça a história do teatro de marionetas nos Estados Unidos, quando era confinado ao público infantil. O filme também acompanha a criação do espetáculo Disfarmer, de Dan Hurlin, inspirado no trabalho do fotógrafo Mike Disfarmer, que captou o mundo rural durante a Grande Depressão e cujo trabalho foi valorizadíssimo alguns anos depois da sua morte. Primeira exibição na Cinemateca.