agosto de 2020
dstqqss
2627282930311
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
303112345
PROGRAMA
Ciclos
Pesquisa
CICLO
Albert Serra | Realizador Convidado


De entre os realizadores espanhóis revelados na última década, Albert Serra foi muito provavelmente aquele que alcançou maior proeminência internacional. As suas longas-metragens, sempre desafiadoras e provocantes, foram revelando um punhado de caraterísticas persistentemente repetidas: uma relação com a literatura clássica, que não tem necessariamente que passar por textos, mas de que aproveita figuras e ideias (o Dom Quixote de HONOR DE CAVALLERIA, o Casanova e o Drácula de HISTORIA DE LA MEVA MORT) tomadas como motivos visuais ou temáticos; uma relação com a História, direta ou indiretamente convocada em todos os seus filmes, e que o seu mais recente filme (LA MORT DE LOUIS XIV, que vamos ante-estrear), centrado na figura do Rei-Sol, concretiza como até agora nenhum outro filme de Serra tinha concretizado; e, no plano formal, um balanço, complexo e produtivo, entre a lógica de improviso que Serra cultiva com os seus atores (quase sempre não-profissionais, sendo LA MORT DE LOUIS XIV, interpretado por Jean-Pierre Léaud, uma exceção) e o rigoroso espírito de composição (e contemplação) que pauta a orgânica da sua planificação. Uma obra ainda curta, mas já marcante, pode-se dizer mesmo que das mais marcantes entre os cineastas que se iniciaram no século XXI. É esta obra que vamos acompanhar ao longo de duas semanas, no contexto e no espírito da rubrica regular de programação “Realizador Convidado”, por conseguinte na presença do próprio autor, a quem pedimos ainda uma seleção de filmes que ele gostasse de mostrar em contexto com os seus. E são ambos – o programa como o diálogo entre filmes que ele sugere – muito promissores.
16/01/2017, 18h30 | Sala Luís de Pina
Ciclo Albert Serra | Realizador Convidado

Historia de la Meva Mort
História da Minha Morte
de Albert Serra
Espanha, França, Roménia, 2013 - 148 min
16/01/2017, 22h00 | Sala Luís de Pina
Ciclo Albert Serra | Realizador Convidado

Uomini Contro
A Vontade de um General
de Francesco Rosi
Itália, Jugoslávia, 1970 - 101 min
17/01/2017, 18h30 | Sala Luís de Pina
Ciclo Albert Serra | Realizador Convidado

Parsifal
de Hans-Jürgen Syberberg
Alemanha, França, 1982 - 255 min
18/01/2017, 18h30 | Sala Luís de Pina
Ciclo Albert Serra | Realizador Convidado

Cubalibre | Colóquio
de Albert Serra
Espanha, 2013 - 18 min
 
18/01/2017, 22h00 | Sala Luís de Pina
Ciclo Albert Serra | Realizador Convidado

Dorogoy Tsenoy
"O Cavalo que Chora"
de Mark Donskoi
URSS, 1957 - 98 min
 
16/01/2017, 18h30 | Sala Luís de Pina
Albert Serra | Realizador Convidado
Historia de la Meva Mort
História da Minha Morte
de Albert Serra
com Vicenç Altaió, Lluis Serrat, Eliseu Huertas
Espanha, França, Roménia, 2013 - 148 min
legendado eletronicamente em português | M/12
Albert Serra acompanha a sessão
Baseando-se nos escritos biográficos de Casanova, Albert Serra imaginou em HISTORIA DE LA MEVA MORT (contorsão do título das memórias do veneziano, História da Minha Vida) um confronto digno de uma série B de terror: Casanova contra Drácula. E de terror, em sentido muito lato, se tratará, num filme que estica os limites do estilo contemplativo e rigoroso de Serra, atribuindo uma importância nova ao texto e à relação que com ele mantêm os atores (todos não-profissionais). O resultado é uma alegoria, uma luta entre a razão (um pouco cansada) representada por Casanova, e as pulsões (cheias de energia) representadas por Drácula. Primeira exibição na Cinemateca.
16/01/2017, 22h00 | Sala Luís de Pina
Albert Serra | Realizador Convidado
Uomini Contro
A Vontade de um General
de Francesco Rosi
com Mark Frechette, Alain Cuny, Gian Maria Volonté
Itália, Jugoslávia, 1970 - 101 min
legendado eletronicamente em português | M/12
Albert Serra acompanha a sessão
Francesco Rosi aproveita um episódio da participação italiana na Primeira Guerra Mundial (a trincheira, a norte do país, na batalha contra as forças austríacas) para refletir sobre a disciplina e a obediência, peças-chaves de qualquer organização militar. Indignados com as "vontades dos generais", que causam incontáveis baixas, os soldados vão-se revoltando, primeiro contra a hierarquia militar, depois contra a guerra e o belicismo. Na época, em Itália, o filme foi retirado de cartaz, a pretexto de os cinemas onde era exibido receberem telefonemas ameaçadores, e Rosi foi processado (mas absolvido) por "insulto ao exército". Primeira exibição na Cinemateca.
17/01/2017, 18h30 | Sala Luís de Pina
Albert Serra | Realizador Convidado
Parsifal
de Hans-Jürgen Syberberg
com Armin Jordan, Martin Sperr, Robert Lloyd, Michael Kutter, Karin Krick
Alemanha, França, 1982 - 255 min
legendado em francês | M/12
Albert Serra acompanha a sessão

A sessão decorre com intervalo
Adaptação integral da última e mais hermética das obras de Wagner, este PARSIFAL designado por Syberberg como um “filme-ensaio” é um ponto maior da fusão das linguagens operática e cinematográfica. A máscara mortuária do compositor preside à recriação da ópera e o papel de Parsifal é confiado a dois atores, com a surpresa de um ser homem e outro mulher, dobrada pela mesma voz (a do tenor Rainer Goldberg).
18/01/2017, 18h30 | Sala Luís de Pina
Albert Serra | Realizador Convidado
Cubalibre | Colóquio
de Albert Serra
com Lluis Carbó, Wolfgang Danz
Espanha, 2013 - 18 min
legendado eletronicamente em português | M/12
Projeção seguida de colóquio com a presença de Albert Serra

A sessão é de entrada livre mediante o levantamento de ingressos na bilheteira
Um curto filme onde Serra homenageia um dos seus heróis cinematográficos, Rainer Werner Fassbinder, filmando uma "boite" povoada por personagens que remetem para o universo fassbinderiano. O título vem da bebida preferida das personagens de CUIDADO COM ESSA PUTA SAGRADA. Primeira exibição na Cinemateca. 
18/01/2017, 22h00 | Sala Luís de Pina
Albert Serra | Realizador Convidado
Dorogoy Tsenoy
"O Cavalo que Chora"
de Mark Donskoi
com Vera Donskaya, Yuri Dedovich, Ivan Tverdokhleb
URSS, 1957 - 98 min
legendado eletronicamente em português | M/12
Albert Serra acompanha a sessão
Um soberbo filme de um realizador soviético, Mark Donskoi, que tem ainda muitos tesouros a descobrir na sua vasta obra. Filme do período do degelo pós-estalinista (e que adapta um escritor ucraniano, Mikhail Kosyubinsky, executado numa das purgas ordenadas por Estaline), DOROGOY TSENOY conta a história de dois amantes em fuga, durante o século XIX, e a envolve num fôlego lírico excecional, que tanto convoca a força telúrica de Dovjenko como parece antecipar o "panteísmo" de alguém como Paradjanov, então ainda por vir.