maio de 2020
dstqqss
262728293012
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31123456
PROGRAMA
Ciclos
Pesquisa
CICLO
Albert Serra | Realizador Convidado


De entre os realizadores espanhóis revelados na última década, Albert Serra foi muito provavelmente aquele que alcançou maior proeminência internacional. As suas longas-metragens, sempre desafiadoras e provocantes, foram revelando um punhado de caraterísticas persistentemente repetidas: uma relação com a literatura clássica, que não tem necessariamente que passar por textos, mas de que aproveita figuras e ideias (o Dom Quixote de HONOR DE CAVALLERIA, o Casanova e o Drácula de HISTORIA DE LA MEVA MORT) tomadas como motivos visuais ou temáticos; uma relação com a História, direta ou indiretamente convocada em todos os seus filmes, e que o seu mais recente filme (LA MORT DE LOUIS XIV, que vamos ante-estrear), centrado na figura do Rei-Sol, concretiza como até agora nenhum outro filme de Serra tinha concretizado; e, no plano formal, um balanço, complexo e produtivo, entre a lógica de improviso que Serra cultiva com os seus atores (quase sempre não-profissionais, sendo LA MORT DE LOUIS XIV, interpretado por Jean-Pierre Léaud, uma exceção) e o rigoroso espírito de composição (e contemplação) que pauta a orgânica da sua planificação. Uma obra ainda curta, mas já marcante, pode-se dizer mesmo que das mais marcantes entre os cineastas que se iniciaram no século XXI. É esta obra que vamos acompanhar ao longo de duas semanas, no contexto e no espírito da rubrica regular de programação “Realizador Convidado”, por conseguinte na presença do próprio autor, a quem pedimos ainda uma seleção de filmes que ele gostasse de mostrar em contexto com os seus. E são ambos – o programa como o diálogo entre filmes que ele sugere – muito promissores.
19/01/2017, 18h30 | Sala Luís de Pina
Ciclo Albert Serra | Realizador Convidado

Zui Yu Fa
"Crime e Castigo"
de Zhao Liang
China, 2007 - 122 min
19/01/2017, 22h00 | Sala Luís de Pina
Ciclo Albert Serra | Realizador Convidado

Der Tod der Maria Malibran
“A Morte de Maria Malibran”
de Werner Schroeter
República Federal da Alemanha, 1971 - 100 min
20/01/2017, 18h30 | Sala Luís de Pina
Ciclo Albert Serra | Realizador Convidado

Ken Park
Ken Park – Quem És Tu?
de Larry Clark
Estados Unidos, 2002 - 93 min
20/01/2017, 22h00 | Sala Luís de Pina
Ciclo Albert Serra | Realizador Convidado

Duel in the Sun
Duelo ao Sol
de King Vidor
Estados Unidos, 1946 - 129 min
21/01/2017, 18h30 | Sala Luís de Pina
Ciclo Albert Serra | Realizador Convidado

El Senyor ha fet en mi Meravelles
de Albert Serra
Espanha, 2011 - 146 min
19/01/2017, 18h30 | Sala Luís de Pina
Albert Serra | Realizador Convidado
Zui Yu Fa
"Crime e Castigo"
de Zhao Liang
China, 2007 - 122 min
legendado eletronicamente em português | M/12
Albert Serra acompanha a sessão
Um filme raro, rodado quase clandestinamente. Zhao Liang acompanha o dia a dia de uma esquadra de polícia perto da fronteira com a Coreia do Norte, em cenas que alternam a violência e o absurdo. É ao mesmo tempo um documentário, sem nada de "oficial", sobre as forças de segurança chinesas em ação, e um olhar sobre a vida numa região rural e pouco favorecida da China. Primeira exibição na Cinemateca.
19/01/2017, 22h00 | Sala Luís de Pina
Albert Serra | Realizador Convidado
Der Tod der Maria Malibran
“A Morte de Maria Malibran”
de Werner Schroeter
com Magdalena Montezuma, Christine Kaufmann, Ingrid Caven
República Federal da Alemanha, 1971 - 100 min
legendado eletronicamente em português | M/16
Albert Serra acompanha a sessão
Sétima longa-metragem do realizador, DER TOD DER MARIA MALIBRAN é um dos filmes mais célebres e mais belos realizados por Werner Schroeter num período particularmente fecundo do seu trabalho. Inspirando-se no mito de uma célebre cantora de ópera de inícios do século XIX, DER TOD DER MARIA MALIBRAN é um filme sobre os mitos da ópera, feito por um apaixonado pelo género, um filme sobre “a voz como extensão da vida, como veículo de libertação e de morte” (José Manuel Costa). Um dos mais belos filmes de um grande poeta do cinema, um dos raros cineastas verdadeiramente independentes.
20/01/2017, 18h30 | Sala Luís de Pina
Albert Serra | Realizador Convidado
Ken Park
Ken Park – Quem És Tu?
de Larry Clark
com Adam Chubbuck, James Bullard, Seth Gray
Estados Unidos, 2002 - 93 min
legendado eletronicamente em português | M/18
Albert Serra acompanha a sessão
Depois do choque representado por KIDS (o seu primeiro filme, em meados dos anos noventa), Larry Clark teve em KEN PARK um dos seus momentos mais polémicos, muito criticado pela crueza com que associava e descrevia os adolescentes (como sempre nos seus filmes, o escalão etário em foco) e a prática de atividades sexuais. É um retrato de grupo, algures nos subúrbios de uma grande cidade americana, com adolescentes meio perdidos (que se "encontram", por norma, no skate e no sexo) e, mais inquietante ainda, famílias e adultos muito pouco recomendáveis. Um dos filmes mais fortes, e mais conseguidos, do cineasta-fotógrafo americano. Primeira exibição na Cinemateca.
20/01/2017, 22h00 | Sala Luís de Pina
Albert Serra | Realizador Convidado
Duel in the Sun
Duelo ao Sol
de King Vidor
com Gregory Peck, Jennifer Jones, Joseph Cotten, Lionel Barrymore, Lillian Gish, Harry Carey
Estados Unidos, 1946 - 129 min
legendado em português | M/12
Albert Serra acompanha a sessão
A mais famosa produção de Selznick depois de GONE WITH THE WIND. Também aqui os realizadores se sucederam, mas a marca de King Vidor predomina sobre a breve passagem dos restantes (Sternberg e Dieterle). Há quem diga que o delirante final foi dirigido pelo próprio Selznick, com a intenção de valorizar a personagem de Jennifer Jones. A sensualidade domina este singular western sobre uma mestiça disputada pelos dois filhos de um grande rancheiro do Texas. A narração inicial (sobre Pearl, a “flor selvagem”) é feita por Orson Welles, não creditado no genérico.
21/01/2017, 18h30 | Sala Luís de Pina
Albert Serra | Realizador Convidado
El Senyor ha fet en mi Meravelles
de Albert Serra
com Albert Serra, Lluis Carbó, Montse Triola
Espanha, 2011 - 146 min
legendado eletronicamente em português | M/12
Albert Serra acompanha a sessão
Um filme sugerido pelo MACBA (o Museu de Arte Contemporânea de Barcelona) que pediu a Albert Serra e ao realizador argentino Lisandro Alonso que trocassem uma "correspondência fílmica". EL SENYOR HA FET EN MI MERAVELLES foi a "missiva" de Serra, que mostra a trupe de atores amadores de HONOR DE CAVALLERIA numa viagem através da Mancha e dos lugares realmente descritos por Cervantes no Don Quijote.