agosto de 2020
dstqqss
2627282930311
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
303112345
PROGRAMA
Ciclos
Pesquisa
CICLO
Retratos da Infância


A infância toma conta da Cinemateca em fevereiro, propondo-se como eixo da programação do mês, que também é marcado pela presença em Lisboa de Alain Bergala e das suas sessões “Crescer no Cinema”. Nem sessões infantis nem sessões para crianças – que nem por isso se excluem como espectadores, e embora haja animação Disney e adaptações de clássicos da literatura infantil (Heidi) e juvenil (As Aventuras de Huckleberry Finn, Mulherzinhas): o programa propõe essencialmente uma viagem pela infância com olhos adultos.

26/02/2013, 22h00 | Sala Luís de Pina
Ciclo Retratos da Infância

Le Vieil Homme et l’Enfant
O Velho e a Criança
de Claude Berri
França, 1966 - 82 min
27/02/2013, 19h00 | Sala Dr. Félix Ribeiro
Ciclo Retratos da Infância

Kikujiro
O Verão de Kikujiro
de Takeshi Kitano
Japão, 1999 - 121 min
27/02/2013, 19h30 | Sala Luís de Pina
Ciclo Retratos da Infância

L’Esquive
A Esquiva
de Abdellatif Kechiche
França, 2003 - 117 min
27/02/2013, 21h30 | Sala Dr. Félix Ribeiro
Ciclo Retratos da Infância

Fanny och Alexander
Fanny e Alexandre
de Ingmar Bergman
Suécia, França, Alemanha, 1982 - 186 min
27/02/2013, 22h00 | Sala Luís de Pina
Ciclo Retratos da Infância

Nana
Nana
de Valérie Massadian
França, 2011 - 68 min
26/02/2013, 22h00 | Sala Luís de Pina
Retratos da Infância
Le Vieil Homme et l’Enfant
O Velho e a Criança
de Claude Berri
com Michel Simon, Alain Cohen, Luce Fabiole, Roger Carel
França, 1966 - 82 min
legendado em português

Primeira longa-metragem de Claude Berri, ancorada no universo da infância de reflexos autobiográficos: na França Ocupada pelos alemães, Claude, um miúdo judeu, é enviado pelos pais para junto de um velho casal no campo. Pepé, o marido (Michel Simon), é antissemita, mas desconhece a ascendência judaica de Claude. O filme segue a história da relação de afecto que se consolida entre o “velho e a criança”.

27/02/2013, 19h00 | Sala Dr. Félix Ribeiro
Retratos da Infância
Kikujiro
O Verão de Kikujiro
de Takeshi Kitano
com Takeshi Kitano, Yusuke Sekigushi, Kayoto Kishimodo
Japão, 1999 - 121 min
legendado em português

O jovem Masao está de férias de verão, sozinho com a avó em Tóquio. Não tem pai e só conhece a mãe por fotografias. Decide ir procurá-la. No início da sua viagem, encontra um casal vizinho, a mulher ordena ao marido, Kikujiro, que ajude e acompanhe Masao na sua jornada. Kikujiro, homem rude com pouca paciência para crianças, está longe de ser a companhia ideal para o miúdo. Durante o percurso acidentado, o insólito par descobre que tem mais em comum do que aparentemente julgava.

27/02/2013, 19h30 | Sala Luís de Pina
Retratos da Infância
L’Esquive
A Esquiva
de Abdellatif Kechiche
com Osman Elkharraz, Sara Forestier, Sabrina Ouazani, Nanou Benhamou, Aurélie Ganito
França, 2003 - 117 min
legendado em português

O título da segunda longa-metragem de Kechiche inspira-se em Marivaux (Le Jeu de l’Amour et de l’Hasard). Foi filmada em Franc-Moisins com atores não profissionais: um grupo de adolescentes ensaia a peça de Marivaux na escola cabendo o papel de Arlequim a um rapaz que tem que se haver com a sua timidez como jovem ator e como jovem apaixonado. “Não é fácil ser uma rapariga num subúrbio. Não é fácil ser um rapaz. Não é fácil ser uma criança. Em suma, é muito difícil. Há um sentimento generalizado de rejeição que aniquila as pessoas que aí vivem” (Kechiche). Primeira exibição na Cinemateca.

27/02/2013, 21h30 | Sala Dr. Félix Ribeiro
Retratos da Infância
Fanny och Alexander
Fanny e Alexandre
de Ingmar Bergman
com Pernilla Allwin, Bertil Guve, Jarl Kulle, Erland Josephson, Harriet Andersson
Suécia, França, Alemanha, 1982 - 186 min
legendado em português

Um filme mágico, em que Bergman evoca a sua infância e o confronto entre o mundo epicurista, a alegria familiar (a genial sequência do Natal) e a rigidez do puritanismo do padrasto. Um dos testamentos de Bergman (no cinema) e um dos seus filmes mais deslumbrantes.

27/02/2013, 22h00 | Sala Luís de Pina
Retratos da Infância
Nana
Nana
de Valérie Massadian
com Kelyna Lecomte, Alain Sabras, Marie Delmas, Yves Monguillon, Etienne e Max Penot
França, 2011 - 68 min
legendado eletronicamente em português

A sinopse diz que Nana tem quatro anos, vive numa casa de pedra na floresta, e que um dia, ao regressar a casa da escola, encontra apenas silêncio. NANA propõe-se como “uma viagem à noite da sua infância. O mundo à sua altura.” É a primeira longa-metragem de Valérie Massadian. “Por vezes os filmes, como as crianças, são terrivelmente imperscrutáveis, e têm ideias próprias”, escreveu Jay Kuehner na Cinema Scope, a propósito de NANA.