agosto de 2020
dstqqss
2627282930311
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
303112345
PROGRAMA
Ciclos
Pesquisa
CICLO
Retratos da Infância


A infância toma conta da Cinemateca em fevereiro, propondo-se como eixo da programação do mês, que também é marcado pela presença em Lisboa de Alain Bergala e das suas sessões “Crescer no Cinema”. Nem sessões infantis nem sessões para crianças – que nem por isso se excluem como espectadores, e embora haja animação Disney e adaptações de clássicos da literatura infantil (Heidi) e juvenil (As Aventuras de Huckleberry Finn, Mulherzinhas): o programa propõe essencialmente uma viagem pela infância com olhos adultos.

01/02/2013, 19h30 | Sala Luís de Pina
Ciclo Retratos da Infância

Mädchen in Uniform
Raparigas de Uniforme
de Leontine Sagan
Alemanha, 1931 - 87 min
01/02/2013, 21h30 | Sala Dr. Félix Ribeiro
Ciclo Retratos da Infância

How Green Was My Valley
O Vale Era Verde
de John Ford
Estados Unidos, 1941 - 118 min
01/02/2013, 22h00 | Sala Luís de Pina
Ciclo Retratos da Infância

Yoyo
Yo-Yo
de de Pierre Étaix
França, 1964 - 95 min
04/02/2013, 19h00 | Sala Dr. Félix Ribeiro
Ciclo Retratos da Infância

Germania Anno Zero
Alemanha, Ano Zero
de Roberto Rossellini
Itália, 1947 - 74 min
04/02/2013, 19h30 | Sala Luís de Pina
Ciclo Retratos da Infância

Heidi
A Garota dos Alpes
de Luigi Comencini
Suíça, 1953 - 97 min
01/02/2013, 19h30 | Sala Luís de Pina
Retratos da Infância
Mädchen in Uniform
Raparigas de Uniforme
de Leontine Sagan
com Dorothea Wieck, Hertha Thiele, Ellen Schwanneke
Alemanha, 1931 - 87 min
legendado em português

É um dos mais famosos filmes do começo do cinema sonoro alemão, sobre o despertar dos sentimentos de uma jovem, num pensionato feminino, e os laços fortes de intimidade que começam a ligá-la a uma professora. À época foi proibido nos Estados Unidos e um jornalista português escreveu que a protagonista “deveria ser internada numa casa de correção”.

01/02/2013, 21h30 | Sala Dr. Félix Ribeiro
Retratos da Infância
How Green Was My Valley
O Vale Era Verde
de John Ford
com Maureen O’Hara, Walter Pidgeon, Donald Crisp, Sara Allgood, Roddy McDowall, Barry Fitzgerald
Estados Unidos, 1941 - 118 min
legendado em português.

A história é a de uma família de mineiros do País de Gales, evocada por alguém que recorda a sua infância. Da nostalgia dos tempos da inocência à amargura da separação dos vários membros da família, quando a crise económica se abate sobre a região. Algumas das mais belas cenas do cinema de Ford encontram-se neste filme: o casamento da filha (Maureen O’Hara), a greve dos mineiros e o conflito com o pai. “Há quem diga que tudo o que vive é sagrado. Ford, que o não disse, filmou-o. E não há filme que faça mais saudades” (João Bénard da Costa).

01/02/2013, 22h00 | Sala Luís de Pina
Retratos da Infância
Yoyo
Yo-Yo
de de Pierre Étaix
com com Pierre Étaix, Claudine Auger, Luce Klein, Philippe Dionnet, Pipo, Dario
França, 1964 - 95 min
legendado em português

Homenagem ao mundo do circo, de que Étaix sempre foi um privilegiado cúmplice, YOYO conta as aventuras de um milionário arruinado e de uma amazona, cujo filho se torna palhaço assim restaurando a fortuna da família. “É o tipo de filme que, na melhor das hipóteses, surge de dez em dez anos! É o melhor de Linder, de Chaplin, sendo simultaneamente e por direito próprio um trabalho profundamente original, com um excecional sentido de rigor, comicidade e ternura. (…) Vão rir. Vão ficar comovidos. Vão deixar a sala de cinema em estado de graça” (André Lafargue). Jean-Luc Godard classificou-o como um dos dez melhores filmes de 1964.

04/02/2013, 19h00 | Sala Dr. Félix Ribeiro
Retratos da Infância
Germania Anno Zero
Alemanha, Ano Zero
de Roberto Rossellini
com Edmund Moeschke, Ernst Pittschau, Ingetraud Hintze, Franz Krüger, Erich Gühne
Itália, 1947 - 74 min
legendado em português

O mais pungente filme feito sobre o pós-guerra. A crise económica e moral na Alemanha em ruínas, através do drama de uma criança que sobrevive por expedientes e pequenos tráficos, sustentando um pai doente que, por influência de um professor nazi, acabará por envenenar. Muitos viram GERMANIA ANNO ZERO como um filme desesperado, em grande parte por causa do suicídio final da criança. Rossellini sempre se opôs a essa visão, falando de um filme positivo e otimista. A exibir na versão italiana.

04/02/2013, 19h30 | Sala Luís de Pina
Retratos da Infância
Heidi
A Garota dos Alpes
de Luigi Comencini
com Elsbeth Sigmund, Heinrich Gretler, Thomas Klameth, Willi Birgel
Suíça, 1953 - 97 min
legendado em português

Comencini foi associado a um “cineasta da infância” desde as suas primeira curta e longa-metragem (BAMBINI IN CITTA, de 1946, em que filmou órfãos nas ruas de Milão devastada pela guerra; PROIBITO ROBARE, de 1948, também centrado em crianças errantes). Neste filme, adapta o célebre romance de Johanna Spyri, de personagens infantis e paisagem alpina. Primeira exibição na Cinemateca.