04/12/2021, 10h30 | Salão Foz
Cinemateca Júnior – Sábados em Família
1º Encontro CINARTS - 1º CicIo
Encontros CINARTS
Professores e Mediadores Culturais

Inscrição prévia para email: cinemateca.junior@cinemateca.pt

CINARTS é um projeto europeu de educação e cinema, coordenado pela Cinemateca de Bolonha e cofinanciado pela Europa Criativa, do qual a Cinemateca Portuguesa é parceira. O projeto explora a relação entre o cinema e as outras artes visuais, procurando colocar em evidência o papel do património cinematográfico na história da arte. O CINARTS consubstancia-se numa plataforma web multilingue a usar em sala de aula, criada em estreita articulação com as escolas dos países parceiros. Professores e alunos participaram no levantamento de necessidades que presidiu ao nascimento da plataforma e os seus recursos pedagógicos foram testados em escolas-piloto de diferentes graus de ensino de todos os países parceiros. Finda a construção da plataforma, chegou o tempo de dar a conhecer as suas ferramentas pedagógicas e trabalhos já desenvolvidos com escolas-piloto em Portugal. No dia 4, realiza-se o 1º ENCONTRO CINARTS para o qual convidamos todos os professores do 1º ciclo e mediadores culturais interessados em conhecer a plataforma CINARTS e o trabalho que com ela se pode desenvolver.
 
04/12/2021, 15h00 | Salão Foz
Cinemateca Júnior – Sábados em Família
Crin-Blanc + Le Ballon Rouge
duração total da sessão: 72 minutos | M/6
CRIN-BLANC
Crina Branca
de Albert Lamorisse
com Alain Emery, Pascal Lamorisse, Laurent Roche, Frank Silvera 
França, 1953 – 38 min / legendado eletronicamente em português

LE BALLON ROUGE
O Balão Vermelho 
de Albert Lamorisse
com Pascal Lamorisse, Georges Sellier, Vladimir Popov
França, 1956 – 34 min

As duas curtas-metragens de Albert Lamorisse dos anos cinquenta estão associadas à infância: CRIN-BLANC (Palma de Ouro de curta-metragem em Cannes 1953) foi filmado nas margens do rio Ródano na região francesa da Camarga como a fábula de um rapaz que doma um cavalo branco. LE BALLON ROUGE é uma história de bairro (o parisiense Ménilmontant) e segue a personagem de um miúdo pelas ruas de Paris, onde um balão vermelho se torna motivo de inveja.

consulte a FOLHA DA CINEMATECA JÚNIOR aqui
04/12/2021, 15h30 | Sala M. Félix Ribeiro
Simone Signoret e Yves Montand: Caminhos Paralelos
Tout Va Bien
Tudo Vai Bem
de Jean-Luc Godard, Jean-Pierre Gorin
com Yves Montand, Jane Fonda, Vittorio Caprioli
França, 1972 - 95 min
legendado eletronicamente em português | M/12
Yves Montand
Jane Fonda e Yves Montand são as duas estrelas que vão permitir a Jean-Luc Godard elaborar uma outra forma do seu discurso político, num efémero regresso ao cinema comercial após alguns anos de filmes militantes (Godard só regressaria de vez aos circuitos comerciais em meados dos anos oitenta). O discurso, porém, é o mesmo. TOUT VA BIEN é quase a exposição didática de uma greve numa grande empresa, com o sequestro do patrão, e os seus reflexos na jornalista e no cineasta que a testemunham. Pelo uso de vedetas e pela relativanormalidadeda sua produção, ficou como a mais conhecida, mas também a mais atípica, das colaborações Godard/Gorin no seio do Grupo Dziga Vertov, que de resto só se manteria para mais um filme, LETTER TO JANE (a mesma Jane Fonda que encontramos em TOUT VA BIEN). O filme foi visto pela última vez na Cinemateca em maio de 2018. A exibir em cópia digital.

consulte a FOLHA DA CINEMATECA aqui
04/12/2021, 19h00 | Sala M. Félix Ribeiro
Allan Dwan (Parte I)
The Spirit of the Flag + The Half Breed
duração total da projeção: 101 min
mudos, com intertítulos em inglês e legendagem eletrónica em português | M/12
com acompanhamento ao piano por Filipe Raposo
THE SPIRIT OF THE FLAG
de Allan Dwan
com Wallace Reid, Pauline Bush, Jessalyn Van Trump
Estados Unidos, 1913 – 30 min
THE HALF BREED
de Allan Dwan
com Douglas Fairbanks, Alma Rubens, Sam de Grasse
Estados Unidos, 1916 – 71 min

THE SPIRIT OF THE FLAG é um filme de duas bobinas, já com outra sofisticação em termos de meios e de desenvolvimento narrativo. Um melodrama de guerra, ambientado nas Filipinas, com centro na personagem de Wallace Reid, um médico, e em duas mulheres, uma americana e outra filipina. THE HALF BREED é de 1916, apenas três mais tarde mas já definitivamente outro tempo no cinema americano. Rodado para a Triangle, tem uma das maiores vedetas da época (e ainda em ascensão), Douglas Fairbanks, que tinha Dwan como o seu realizador preferido, e entre os argumentistas conta-se a famosíssima Anita Loos. Fairbanks é o “half-breed”, o mestiço, meio-branco e meio-cherokee, e o filme tem sobre a relação dos brancos com os nativos americanos um olhar crítico que talvez surpreenda um espectador contemporâneo. THE SPIRIT OF THE FLAG é uma primeira apresentação na Cinemateca. A exibir em cópias digitais.

consulte a FOLHA DA CINEMATECA aqui
04/12/2021, 19h30 | Sala Luís de Pina
A Cinemateca com o Inshadow
Jorge Salavisa – Keep Going
de Marco Martins
Portugal, 2011 - 61 min | M/12
sessão com apresentação
Figura de enorme relevo na cultura portuguesa, Jorge Salavisa conta com uma longa carreira nacional e internacional. Tendo atuado como bailarino com alguns dos grandes nomes do bailado mundial, foi ainda responsável pela direção artística do Ballet Gulbenkian. JORGE SALAVISA – KEEP GOING documentário que partiu de uma ideia de Luísa Taveira e Miguel Honrado, Marco Martins reconstrói um percurso de 50 anos, salientando “a sua paixão pela pluralidade das artes e o seu trabalho incessante de dar visibilidade a velhos e novos criadores”. Primeira apresentação na Cinemateca

consulte a FOLHGA DA CINEMATECA aqui
04/12/2021, 21h30 | Sala M. Félix Ribeiro
Allan Dwan (Parte I)
The Inside Story
de Allan Dwan
com Marsha Hunt, William Lundigan, Charles Winninger
Estados Unidos, 1948 - 87 min
legendado eletronicamente em português | M/12
Outra produção da Republic, THE INSIDE STORY é uma comédia otimista sobre a economia. “Havia uma grande crise e quis mostrar que o pior sítio para se ter o dinheiro era imobilizado num banco; o dinheiro tinha que circular!” (Dwan). E, num espírito que se aproxima das fábulas de Capra, Dwan mostrava o efeito da circulação dos mesmos mil dólares por uma quantidade enorme de gente, e a forma como esse dinheiro vai resolvendo problemas por onde passa. Primeira apresentação na Cinemateca.

consulte a "folha" da Cinemateca