outubro de 2019
dstqqss
293012345
6789101112
13141516171819
20212223242526
272829303112
3456789
PROGRAMA
Ciclos
Pesquisa
17/10/2019, 10h30 | Salão Foz
Cinemateca Júnior
Sessão Especial DOC Escolas
duração da sessão: 29 min (aprox.)
com apresentação e conversa final conduzidas por Cláudia Alves
VARIANTEN
“Variantes”
de Klaus Georgi
RDA, 1979 – 3 min / sem diálogos
RETTUNG
“O Resgate”
de Sieglinde Hamacher
RDA, 1980 – 5 min / sem diálogos
KONSEGUENZ
“Consequência”
de Klaus Georgi
RDA, 1986 – 2 min / sem diálogos
BAUCH UND SEELE
“Estômago e Alma”
de Klaus Georgi
RDA, 1988 – 4 min / sem diálogos
DAS MONUMENT
“O Monumento”
de Klaus Georgi, Lutz Stützner
RDA, 1989 – 4 min / sem diálogos
DER KREIS
“O Círculo”
de Klaus Georgi
DDR, 1989 – 4 min / sem diálogos
HERR DAFF MACHT EINE FILMAUFNAHME
“O Sr. Daff está a fazer um filme”
de Klaus Georgi
RDA, 1986 – 4 min / sem diálogos
DIE LÖSUNG
“A Solução”
de Sieglinde Hamacher
RDA, 1987 – 3 min / sem diálogos

A partir das situações apresentadas nestes filmes e das suas contradições, vamos refletir sobre o que ainda ficou deste “Muro” nos comportamentos do nosso dia a dia.  

dos 4 aos 7 anos: pré-escolar e 1º ciclo

preço: 1,10€ por criança; gratuito para educadores de infância e professores acompanhantes | marcação prévia até 11 de outubro para cinemateca.junior@cinemateca.pt.
 
17/10/2019, 15h30 | Sala M. Félix Ribeiro
A Cinemateca com o Doclisboa: Ascensão e Queda do Muro – O Cinema da Alemanha de Leste
Berlin im Aufbau | Irgendwo in Berlin
duração total da projeção: 107 minutos
Reconstrução / Reconstruction

com a presença de Ralf Schenk
BERLIN IM AUFBAU
“Berlim em Reconstrução”
de Kurt Maetzig
Alemanha, 1946 – 22 min
IRGENDWO IN BERLIN
“Algures em Berlim”
de Gerhard Lamprecht
com Harry Hindemith, Hedda Sarnow, Charles Brauer, Hans Trinkhaus
Alemanha, 1946 – 85 min
legendados eletronicamente em inglês e português | M/12

Berlim, um ano depois do fim da II Guerra. Por entre as ruínas e uma estrutura social totalmente desorganizada, os berlinenses comuns sobrevivem como podem, à custa de expedientes (o mercado negro, algumas pequenas desonestidades). O filme de Gerhard Lamprecht faz o retrato de uma comunidade, num bairro berlinense arrasado, seguindo em especial um grupo de miúdos, vários deles deixados órfãos pela guerra. Em BERLIN IM AUFBAU tece-se uma história recente da cidade de Berlim, evocando-se o esforço coletivo na recuperação de Berlim após a destruição de 1945, num filme que faz extenso uso de imagens dos jornais de atualidades da DEFA
 
17/10/2019, 18h30 | Sala Luís de Pina
A Cinemateca com o Doclisboa: Ascensão e Queda do Muro – O Cinema da Alemanha de Leste
Schaut auf Diese Stadt
“Vejam esta Cidade”
de Karl Gass
RDA, 1962 - 85 min
legendado eletronicamente em inglês e português | M/12
Porquê construir um Muro? / Why Build a Wall?
Começada a construção do Muro de Berlim em 1961, havia que o justificar. SCHAUT AUF DIESE STADT é, nesse sentido, um filme de propaganda e "pedagogia", que através de uma montagem "modernista" pinta retratos antagónicos dos lados Ocidental e Oriental de Berlim, fazendo do primeiro uma influência perniciosa sobre o segundo. Que o Muro se construa, então, como uma "defesa antifascista". O realizador Karl Gass (1917-2009) foi soldado durante a II Guerra e, depois, tornou-se um dos principais cineastas de propaganda da RDA, tendo dirigido mais de cem filmes.
 
17/10/2019, 19h00 | Sala M. Félix Ribeiro
A Cinemateca com o Doclisboa: Ascensão e Queda do Muro – O Cinema da Alemanha de Leste
Stahl | Der Sekretär | Die Karbidfabrik | Feierabend
duração total da projeção: 106 minutos
Glória ao Trabalho! / Hail to Work!
STAHL
“Aço”
de Joop Huisken
RDA, 1950 – 13 min
DER SEKRETÄR
“O Secretário”
de Jürgen Böttcher
RDA, 1967 – 29 min
DIE KARBIDFABRIK
“A Fábrica de Carboneto”
de Heinz Brinkmann
RDA, 1987-1988 – 25 min
FEIERABEND
“Lazer”
de Karl Gass
RDA, 1964 – 39 min
legendados eletronicamente em inglês e português | M/12

Em STAHL, conta-se (ou canta-se) o esforço dos operários que constroem, eles próprios, a fábrica de aço em que depois virão a trabalhar. DER SEKRETÄR apresenta-nos Gerhard Grimmer, representante do Partido Comunista da RDA numa fábrica de produtos químicos, e a sua incansável luta em prol do bem estar dos trabalhadores. Outra fábrica, esta de carbonetos, um material sujo e cuja produção mais sujidade provoca, é-nos mostrada em DIE KARBIDFABRIK, filme já dos anos finais da RDA. FEIERABEND segue os trabalhadores de outra fábrica no momento em que deixam o trabalho e se dedicam ao tempo livre, num filme que propõe um retrato surpreendetemente pouco idealista: a dureza das condições de vida é rimada por um lazer pouco saudável, onde o álcool se consome em grandes quantidades.
 
17/10/2019, 21h30 | Sala M. Félix Ribeiro
A Cinemateca com o Doclisboa: Ascensão e Queda do Muro – O Cinema da Alemanha de Leste
Turbine I | Ofenbauer | Wäscherinnen | Rangierer
duração total da projeção: 85 minutos
Glória aos Trabalhadores! / Hail to Workers!
TURBINE I
“Turbina I”
de Joop Huisken
RDA, 1953 – 25 min
OFENBAUER
“Construtores de Fornalhas”
de Jürgen Böttcher
RDA, 1962 – 15 min
WÄSCHERINNEN
“Lavadeiras”
de Jürgen Böttcher
RDA, 1972 – 23 min
RANGIERER
“Maquinistas”
de Jürgen Böttcher
RDA, 1984 – 22 min
legendados eletronicamente em inglês e português | M/12

Jurgen Böttcher (n. 1931) foi um dos mais importantes cineastas da RDA, e é dele, já no período imediatamente anterior à reunificação alemã, um dos mais impressionantes documentos sobre o Muro de Berlim (DIE MAUER, de 1990). Nesta sessão veremos um punhado dos muitos filmes curtos que dirigiu durante a vigência da RDA, focando aspetos da vida dos trabalhadores alemães orientais, retratados num recorte quase épico, destacando-se o magnífico trabalho fotográfico de Thomas Plenert em RANGIERER. Em TURBINE I, embora o realizador seja outro, essas características mantêm-se: aqui se mostra como os trabalhadores de uma central nuclear se empenharam na reparação de uma turbina avariada, evitando assim uma quebra no fornecimento de energia.