agosto de 2022
dstqqss
31123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031123
45678910
Ciclos
Pesquisa
CICLO
Revisitar os Grandes Géneros: A Ficção Científica [II parte]


Nesta segunda parte da nossa revisão do cinema de ficção científica dedicamo-nos à sua “era moderna”, aquela que se seguiu ao impacto de um filme tão crucial para o género como foi o 2001: A SPACE ODYSSEY de Stanley Kubrick. Tempos, também, em que a evolução tecnológica permitia realizar muitas das fantasias projetadas pela ficção científica ao longo dos tempos, e fazer chegar astronautas à lua. No dealbar da década de 1970, o género estava, forçosamente, diferente do que fora até então. E se desde aí, acompanhando a evolução das técnicas de efeitos especiais, se realizaram algumas das maiores, mais espetaculares e mais lucrativas entradas no género da ficção científica (consagrando a sua passagem da série B à primeira e mais expansiva linha de produção, sobretudo, e como é evidente, no caso do cinema hollywoodiano), não é menos verdade que este período também configura a transformação da ficção científica numa espécie de “léxico”, que serviu a vários autores para explorações de universos e temáticas pessoais que, em muitos casos, prolongam os universos e as temáticas que sempre exploraram, independentemente do género em que se inseriram (e se uma das “regras” que nos autoimpusemos para selecionar os filmes do programa foi a preocupação de não repetir autores, é interessante ver como, na maior parte dos casos, os realizadores constantes no programa fizeram muito poucas, e alguns apenas uma, incursões no género). Poderíamos ter ido sobretudo para o espetáculo da ficção científica, as grandes sagas como a de STAR WARS (mas porquê, se mesmo para o caso de George Lucas há o belíssimo THX 1138?), estabelecer um cânone para a época moderna do género. Preferimos ir à volta disso, e propor um percurso que assinale a forma como, na grande indústria ou na margem dela, a “fc” moderna se constituiu num instrumento, ou num conjunto de instrumentos, para um “discurso de autor”.
 
 
15/07/2022, 21h45 | Esplanada
Ciclo Revisitar os Grandes Géneros: A Ficção Científica [II parte]

Invasion of the Body Snatchers
A Invasão dos Violadores
de Philip Kaufman
Estados Unidos, 1978 - 115 min
 
16/07/2022, 21h45 | Esplanada
Ciclo Revisitar os Grandes Géneros: A Ficção Científica [II parte]

Alien
Alien, o Oitavo Passageiro
de Ridley Scott
Estados Unidos, 1979 - 117 min
18/07/2022, 19h00 | Sala M. Félix Ribeiro
Ciclo Revisitar os Grandes Géneros: A Ficção Científica [II parte]

The Brother from Another Planet
de John Sayles
Estados Unidos, 1984 - 110 min
19/07/2022, 15h30 | Sala M. Félix Ribeiro
Ciclo Revisitar os Grandes Géneros: A Ficção Científica [II parte]

Mars Attacks!
Marte Ataca!
de Tim Burton
Estados Unidos, 1996 - 105 min
19/07/2022, 21h45 | Esplanada
Ciclo Revisitar os Grandes Géneros: A Ficção Científica [II parte]

Starship Troopers
Soldados do Universo
de Paul Verhoeven
Estados Unidos, 1997 - 130 min
15/07/2022, 21h45 | Esplanada
Revisitar os Grandes Géneros: A Ficção Científica [II parte]
Invasion of the Body Snatchers
A Invasão dos Violadores
de Philip Kaufman
com Donald Sutherland, Brooke Adams, Jeff Goldblum
Estados Unidos, 1978 - 115 min
legendado eletronicamente em português | M/16
Remake do clássico (e homónimo) filme de Don Siegel, INVASION OF THE BODY SNATCHERS instala-se num mundo e num cinema diferentes, os dos anos 70. E, se as metáforas políticas se tornam, neste contexto, menos importantes (ou mais opacas), a excelente versão de Kaufman (porventura o seu melhor filme, com THE RIGHT STUFF) integra-se lindamente na cinematografia americana daquela década, sobretudo na forma como capta a pulsante realidade das paisagens urbanas – no caso, a cidade de São Francisco. Primeira apresentação na Cinemateca.

consulte a FOLHA DA CINEMATECA aqui
16/07/2022, 21h45 | Esplanada
Revisitar os Grandes Géneros: A Ficção Científica [II parte]
Alien
Alien, o Oitavo Passageiro
de Ridley Scott
com Sigourney Weaver, Tom Skerritt, John Hurt, Ian Holm, Harry Dean Stanton, Yaphet Kotto, Verónica Cartwright
Estados Unidos, 1979 - 117 min
legendado em português | M/16
O filme que lançou uma das mais famosas séries da ficção científica moderna. No interior de uma nave mercantil, surge um estranho “passageiro” que se “hospedara” no corpo de um dos tripulantes durante a passagem por um planeta desconhecido. O intruso revela-se uma arma letal que vai dizimando a tripulação a pouco e pouco.

consulte a FOLHA DA CINEMATECA aqui
18/07/2022, 19h00 | Sala M. Félix Ribeiro
Revisitar os Grandes Géneros: A Ficção Científica [II parte]
The Brother from Another Planet
de John Sayles
com Joe Morton, Daryl Edwards, Rosanna Carter
Estados Unidos, 1984 - 110 min
legendado eletronicamente em português | M/16
O invólucro da ficção científica a servir de “grelha de leitura” da realidade: John Sayles levou isso a um pequeno cúmulo em THE BROTHER FROM ANOTHER PLANET, que é uma espécie de variação sobre o ET que Spielberg estreara dois anos antes, mas focado na realidade concreta do Harlem nova-iorquino. Um extraterrestre à deriva toma a forma de um homem negro, e refugia-se no Harlem enquanto foge aos seus perseguidores (terrestres e alienígenas). Sayles disse o que o seu filme – que é, em termos de tom, indefinível, entre a comédia e a seriedade – era uma “reflexão sobre a capacidade de assimilação da sociedade americana”. A fotografia é de Ernest R. Dickerson, que como colaborador dos primeiros filmes de Spike Lee, voltaria várias vezes a filmar as ruas do Harlem. Primeira apresentação na Cinemateca.

consulte a FOLHA DA CINEMATECA aqui
19/07/2022, 15h30 | Sala M. Félix Ribeiro
Revisitar os Grandes Géneros: A Ficção Científica [II parte]
Mars Attacks!
Marte Ataca!
de Tim Burton
com Jack Nicholson, Glenn Close, Annette Bening, Pierce Brosnan, Danny DeVito, Martin Short
Estados Unidos, 1996 - 105 min
legendado eletronicamente em português | M/12
A última aparição de Sylvia Sidney no cinema, no papel da avó de Lukas Haas, cuja paixão pela música popular salva o planeta Terra dos marcianos que o invadiram! Baseado numa banda desenhada de culto da década de 50, MARS ATTACKS! é uma das mais ferozes e divertidas caricaturas ao “american way of life” e ao complexo militar-industrial dos EUA, e onde os efeitos especiais estão antes de mais ao serviço da paródia aos filmes de ficção científica como INDEPENDENCE DAY.

consulte a FOLHA DA CINEMATECA aqui
19/07/2022, 21h45 | Esplanada
Revisitar os Grandes Géneros: A Ficção Científica [II parte]
Starship Troopers
Soldados do Universo
de Paul Verhoeven
com Casper van Dien, Denise Richards, Neil Patrick Harris
Estados Unidos, 1997 - 130 min
legendado eletronicamente em português | M/16
Outro filme polémico de Verhoeven, que se serve da ficção científica futurista (adaptada de um romance de Robert A. Heinlein) para descrever uma sociedade altamente militarizada e, para todos os efeitos, proto-fascista. Em fundo está a guerra – “interminável” – entre a Terra e uma raça de alienígenas parecida com insetos gigantes, mas o que conta é a descrição de um mundo definido pela beligerância permanente, com elementos visuais colhidos no METROPOLIS de Lang ou nas grandes coreografias de Leni Riefenstahl para a propaganda nazi. É outro filme de Verhoeven que parece singularmente premonitório, e revisto hoje é bastante mais perturbante do que na época de estreia – afinal, ainda faltavam quatro anos para o 11 de setembro.

consulte a FOLHA DA CINEMATECA aqui