maio de 2020
dstqqss
262728293012
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31123456
PROGRAMA
Ciclos
Pesquisa
CICLO
Double Bill


Num mês em que dedicamos algumas sessões de sábado aos programas organizados em colaboração com o IndieLisboa 2019, propomos duas sessões “Double Bill” em que falamos de despedidas, superação, sacrifício, e, também, de amor: por algo que cresce dentro de nós e nos faz correr o sangue, seja um amor inesperado que nasce dentro do nosso tempo e nos faz sentir intemporais, ou as imagens que vemos, à nossa volta, que nos arrastam para dentro delas e que ainda não compreendemos, tornando-se numa obsessão que nos faz sentir, através do seu movimento, em algo mais do que meros humanos. Uma ilusão que se pode transformar, também, numa perdição, mas que nos faz viver redobradamente até que pacifiquemos as atrações que carregamos connosco: por um abismo, por um rosto, por um sentimento, um vício, uma relação fraternal ou um amor que nos faz sentir de maneira diferente. Entre a vida e o cinema, as linhas confundem-se e amplificam-se. E se estas forem derrubadas?
 
 
18/05/2019, 15h30 | Sala M. Félix Ribeiro
Ciclo Double Bill

The Misfits | Raging Bull
duração total da projeção: 253 min | M/12
 
25/05/2019, 15h30 | Sala M. Félix Ribeiro
Ciclo Double Bill

The Big Sleep | The Long Goodbye
duração total da projeção: 226 min | M/16
18/05/2019, 15h30 | Sala M. Félix Ribeiro
Double Bill
The Misfits | Raging Bull
duração total da projeção: 253 min | M/12
entre os dois filmes há um intervalo de 20 minutos
THE MISFITS
Os Inadaptados
de John Huston
com Clark Gable, Marilyn Monroe, Montgomery Clift, Eli Wallach, Thelma Ritter
Estados Unidos, 1961 – 124 min / legendado em espanhol e eletronicamente em português
RAGING BULL
O Touro Enraivecido
de Martin Scorsese
com Robert De Niro, Cathy Moriarty, Joe Pesci, Frank Vincent, John Turturro
Estados Unidos, 1980 – 129 min / legendado em português

THE MISFITS foi escrito diretamente para o cinema por Arthur Miller, que escolheu John Huston como realizador por considerá-lo o único capaz de conseguir levar a bom porto esse projeto escrito para Marilyn Monroe, a sua então mulher, compondo, aqui, a mais dramática personagem da sua filmografia. Filmado a preto e branco, no árido cenário do deserto do Nevada, THE MISFITS segue a história da desencantada Roslyn (Marilyn) que procura uma nova oportunidade de vida nos braços de um velho cowboy (Gable), ele próprio desajustado no mundo moderno. Um encontro entre o naturalismo de Gable e o “método” de Clift, Monroe e Wallach. Foi o último filme de Gable e de Marilyn, mais luminosa do que nunca, numa obra de despedidas, comovente e poética, onde as convenções do cinema clássico hollywoodiano cedem lugar ao cinema moderno (como demonstra a prodigiosa sequência final filmada em Black Rock Desert). Um dos filmes mais importantes da década de oitenta, RAGING BULL conta a história de Jake LaMotta, campeão mundial de pugilismo em pesos-médios. Um prodigioso exercício cinematográfico de Scorsese, filmado a preto e branco, em que o sacrifício da personagem de LaMotta, as suas obsessões, e a interpretação de De Niro (secundado por Joe Pesci, no papel do seu irmão) elevam a arte de Scorsese, junto da montagem de Thelma Schoonmaker, para o patamar mais alto do cinema norte-americano.
 
25/05/2019, 15h30 | Sala M. Félix Ribeiro
Double Bill
The Big Sleep | The Long Goodbye
duração total da projeção: 226 min | M/16
entre os dois filmes há um intervalo de 20 minutos
THE BIG SLEEP
À Beira do Abismo
de Howard Hawks
com Humphrey Bogart, Lauren Bacall, John Ridgely
Estados Unidos, 1946 – 114 min / legendado em espanhol e eletronicamente em português
THE LONG GOODBYE
O Imenso Adeus
de Robert Altman
com Elliott Gould, Nina Van Pallandt, Sterling Hayden
Estados Unidos, 1973 – 112 min / legendado eletronicamente em português

Hawks realizou obras-primas em quase todos os géneros principais do cinema americano: musicais, westerns, filmes de gangsters, comédias malucas, filmes “negros”. THE BIG SLEEP é a quintessência do filme noir, que, por sua vez, é uma forma de quintessência do próprio cinema, pois são filmes cuja ação não tem causas claras, plenos em “ambiente” e fobias, com personagens criminosas e traiçoeiras, onde vive uma estética definida: fotografia fortemente contrastada, ação predominantemente noturna, jogos de luz e sombra, e, aqui, uma mítica dupla de atores, de um período de ouro de Hollywood, em estado de graça (Bogart e Bacall, cuja paixão e química “aquece” o nosso olhar). THE LONG GOODBYE é a adaptação do mais famoso romance de Raymond Chandler (aqui, sob as mãos de Robert Altman). O extraordinário Elliott Gould, num dos seus papéis mais carismáticos, é o inesperado e estranho Philip Marlowe, um detetive privado que investiga o desaparecimento de um amigo acusado de ter assassinado a mulher, penetrando nos meandros obscuros da alta sociedade de Los Angeles, onde testemunha os seus vícios e perversões. Uma das melhores revisitações à herança do film noir e um dos momentos altos da linguagem cinematográfica de Altman (com fotografia de Vilmos Zsigmond e música de John Williams). THE LONG GOODBYE é apresentado em cópia digital.