CICLO
Nos 25 Anos da AIP


A  fechar a colaboração iniciada em setembro com a AIP no âmbito do 25º aniversário desta associação, a Cinemateca apresenta em dezembro o contributo artístico de quatro diretores de fotografia portugueses em outros tantos filmes nacionais: Miguel Sales Lopes (GOODNIGHT IRENE, de Paulo Marinou-Blanco), Rui Xavier (O FIM DO MUNDO, de Basil da Cunha), Vasco Viana (PATRICK, de Gonçalo Waddington) e Daniel Neves (ESTIVE EM LISBOA E LEMBREI DE VOCÊ, de José Barahona).  As sessões contam com as presenças dos diretores de fotografia e dos realizadores dos filmes, sendo complementadas por conversas após a projeção.
 
05/12/2023, 19h30 | Sala Luís de Pina
Ciclo Nos 25 Anos da AIP

Goodnight Irene
de Paolo Marinou-Blanco
Portugal, 2008 - 98 min | M/12
15/12/2023, 18h30 | Sala M. Félix Ribeiro
Ciclo Nos 25 Anos da AIP

O Fim do Mundo
de Basil da Cunha
Portugal, Suíça, 2019 - 104 min
 
22/12/2023, 18h30 | Sala M. Félix Ribeiro
Ciclo Nos 25 Anos da AIP

Patrick
de Gonçalo Waddington
Portugal, 2018 - 103 min | M/14
 
29/12/2023, 18h30 | Sala M. Félix Ribeiro
Ciclo Nos 25 Anos da AIP

Estive em Lisboa e Lembrei de Você
de José Barahona
Portugal, 2015 - 94 min | M/12
05/12/2023, 19h30 | Sala Luís de Pina
Nos 25 Anos da AIP

A Cinemateca com a Associação de Imagem Portuguesa
Goodnight Irene
de Paolo Marinou-Blanco
com Robert Pugh, Nuno Lopes, Rita Loureiro
Portugal, 2008 - 98 min | M/12
Com as presenças de Miguel Sales Lopes e de Tony Costa
Alex (Robert Pugh) e Bruno (Nuno Lopes), desiludidos com a monotonia das suas vidas, partilham uma obsessão pela pintora Irene (Rita Loureiro). Quando esta desaparece, a busca de pistas levará ao encontro entre estes dois homens que partirão à sua procura, formando uma improvável amizade. Road movie sensível e sorridente, foi a primeira longa-metragem de Paolo Marinou-Blanco e surgiu na sequência de um estágio em Nova Iorque coordenado por Spike Lee. Primeira apresentação na Cinemateca.

consulte a FOLHA DA CINEMATECA aqui
15/12/2023, 18h30 | Sala M. Félix Ribeiro
Nos 25 Anos da AIP

A Cinemateca com a Associação de Imagem Portuguesa
O Fim do Mundo
de Basil da Cunha
com Lara Cristina Cardoso, Marco Joel Fernandes, Alexandre da Costa Fonseca
Portugal, Suíça, 2019 - 104 min
legendado em português | M/16
Com as presenças de Basil da Cunha e Rui Xavier
Spira, de 18 anos, regressa a casa após vários anos num reformatório. O reencontro com a família e amigos, num bairro da periferia de Lisboa, prestes a ser demolido, agravar--se-á ao cruzar-se com Kikas, o traficante do bairro que não o considera bem-vindo. Segunda longa-metragem de Basil da Cunha (ATÉ VER A LUZ), O FIM DO MUNDO estreou na competição do Festival de Locarno em 2020 e venceu, no mesmo ano, o prémio de melhor longa-metragem portuguesa no IndieLisboa. Primeira apresentação na Cinemateca.

consulte a FOLHA DA CINEMATECA aqui
22/12/2023, 18h30 | Sala M. Félix Ribeiro
Nos 25 Anos da AIP

A Cinemateca com a Associação de Imagem Portuguesa
Patrick
de Gonçalo Waddington
com Hugo Fernandes, Teresa Sobral, Carla Maciel
Portugal, 2018 - 103 min | M/14
legendado em português
Com as presenças de Gonçalo Waddington e Vasco Viana
Na única longa-metragem até à data de Gonçalo Waddington, Mário fora raptado, com 8 anos de idade, numa vila do centro de Portugal. Agora, com 20 anos, dá pelo nome de Patrick (Hugo Fernandes), vive em Paris com o namorado, e é preso pela posse de um website de pornografia infantil. A descoberta do seu paradeiro fá-lo voltar a Portugal, e à vila onde tudo acontecera, onde será recebido pela família que o julgava desaparecido para sempre. Primeira apresentação da Cinemateca.

consulte a FOLHA DA CINEMATECA aqui
29/12/2023, 18h30 | Sala M. Félix Ribeiro
Nos 25 Anos da AIP

A Cinemateca com a Associação de Imagem Portuguesa
Estive em Lisboa e Lembrei de Você
de José Barahona
com Paulo Azevedo, Renata Ferraz, Amanda Fontoura
Portugal, 2015 - 94 min | M/12
Com as presenças de José Barahona e Daniel Neves
Sérgio decide imigrar para Lisboa, após ser despedido de uma fábrica em Minas Gerais. No entanto, ao chegar a Portugal, a realidade que encontra é diferente do que imaginara. Escrito e realizado por José Barahona, ESTIVE EM LISBOA E LEMBREI DE VOCÊ é uma coprodução luso-brasileira, inspirada na obra homónima de Luiz Ruffato. Nas palavras do realizador, conta-se como um filme sobre “sonhos e desilusões”, construído como um “falso documentário.” Primeira apresentação na Cinemateca.

consulte a FOLHA DA CINEMATECA aqui